Guarabira: Alana Barreto vai apurar episódio de agressão e admite problemas em Centro da Visão

Secretária de Saúde de Guarabira

A secretária de Saúde de Guarabira, Alana Barreto, falou sobre o episódio envolvendo o médico oftalmologista Daniel Stropp nesta segunda-feira (29), no Centro da Visão, quando o profissional da medicina agrediu um filho de paciente a socos.

Alana disse que tomou conhecimento do caso através da imprensa e vai apurar em profundidade para adotar as providências. “Eu ainda não tive oportunidade de conversar com o médico, acompanhei a entrevista da vítima pela imprensa e vou me inteirar mais sobre o episódio para adotar as medidas necessárias”, garantiu.

A secretário admitiu que há problemas no atendimento dos pacientes e que o serviço é terceirizado. “Não é a primeira vez acontece de pessoas estarem esperando por horas a presença do médico e ele demorar a chegar. Eu mesma já liguei uma vez pro médico por causa de reclamações de demora e isso deveria ser resolvido, falta organização. Todo serviço ali é terceirizado, é contratado pela prefeitura”, lembrou Barreto.

Questionada sobre a falta de médicos em PSFs do município, objeto de críticas da população em emissoras de rádio da cidade, a secretária disse que só será resolvido pela via do concurso público. “Essa não é uma realidade só de Guarabira, nós só poderemos resolver essa falta de médicos através de concurso público, com pagamento de salário digno”, pontuou Alana.

A respeito das atividades em sua pasta, Alana lamentou que não tenha mais autonomia para resolver os problemas da secretaria.