Assembleia realiza sessão em homenagem a curta paraibano que debate transfobia no estado

De acordo com o deputado estadual Anísio Maia, autor da propositura, o objetivo da homenagem é a reflexão da obra sobre a vida das pessoas LGBT’s

agosto 22, 2017
370 Visualizações

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) realizou, nesta segunda-feira (21), uma Sessão Especial para homenagear o curta-metragem “Hosana nas Alturas”, dirigido pelo procurador de Trabalho Eduardo Varandas Araruna. O filme, que discute os direitos humanos de transexuais e o fundamentalismo religioso, ganhou o melhor roteiro do prêmio Walfredo Rodrigues, promovido pela Agência Nacional de Cinema (Ancine).

De acordo com o deputado estadual Anísio Maia, autor da propositura, o objetivo da homenagem é a reflexão da obra sobre a vida das pessoas LGBT’s. “O filme é uma iniciativa artística-cultural que vai além disso porque trata de questões de sensibilidade social em uma peça premiada. Portanto, isso é muito importante para a Paraíba e para a sociedade que esse tipo de arte seja desenvolvida”, explicou.

Para o deputado estadual Trocolli Junior, a discussão do tema na Assembleia Legislativa é relevante para a promoção da cidadania. “O maior problema a ser enfrentado nesse temática é a discriminação e, mesmo com toda a abertura do mundo globalizado, a cada dia aumenta o genocídio aos LGBT’s. Logo, quando constatei essa iniciativa, eu saí muito orgulhoso porque, acima de tudo, se tem a coragem de tratar de um tema discriminado”, afirmou.

Já a deputada estadual Estela Bezerra saudou Anísio pela iniciativa e parabenizou esforço de se ocupar a Casa do Povo de temas relevantes para a sociedade. “Estamos vivendo uma onda obscurantista e fundamentalista, de falta de direito do contraditório e da diferença, que tenta sufocar todo tipo de expressão da diversidade humana. Entretanto, a gente vem fazendo um esforço e estamos desconstruindo, nessa Casa, o símbolo do preconceito, da discriminação e da mesquinhez que anda por aí nas mentes de quem, às vezes, tem um mandato para representar o interesse do povo”, ressaltou.

Eduardo Varandas esclareceu ainda que a película tem um teor político, exigindo políticas públicas de igualdade independentemente de qualquer característica de raça, identidade de gênero ou de orientação sexual. “Eu acho interessante vir aqui, pois é onde o povo tem voz e o seguimento das transexuais ainda é bastante desprovido desse direito. Assim sendo, nada mais adequado do que a Casa dos representantes do povo para começar uma nova página na história da humanidade, de igualdade e não discriminação”, concluiu.

Também participaram da Sessão Especial os deputados estaduais Janduhy Carneiro e João Gonçalves; a Defensora Pública Geral do Estado, Madalena Abrantes; o coordenador do Movimento Espírito Lilás, Fernando Luiz; o representante da presidência da Ordem de Advogados do Brasil (OAB), advogado Paulo Maia; o vereador Marcos Henriques e as atrizes Nyka Barros e Danny Barbosa.

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Homem morre atropelado em rodovia, na saída de Guarabira
Policial
0 shares25 views
Policial
0 shares25 views

Homem morre atropelado em rodovia, na saída de Guarabira

Jota Alves - abr 15, 2019

A polícia informou a identidade do rapaz, trata-se de Antônio da Galinha

CPCON divulga edital do Concurso Público da Prefeitura de Guarabira
Notícias
0 shares60 views
Notícias
0 shares60 views

CPCON divulga edital do Concurso Público da Prefeitura de Guarabira

Jota Alves - abr 15, 2019

O valor da taxa de inscrição será de R$ 60 para nível fundamental, R$ 80 para nível médio e R$ 100 para nível superior

João Azevêdo lança edital do concurso com mil vagas para o magistério nesta quarta-feira
Notícias
0 shares28 views
Notícias
0 shares28 views

João Azevêdo lança edital do concurso com mil vagas para o magistério nesta quarta-feira

Jota Alves - abr 15, 2019

anúncio foi feito durante o programa Fala Governador, transmitido em cadeia estadual pela Rádio Tabajara