Barragem de Pitombeira, em Alagoa Grande, começa a sangrar

O manancial tem capacidade para armazena 2.955 mil metros cúbicos de água e está em sua carga máxima

junho 17, 2019
147 Visualizações

As ocorrências de chuvas na região polarizada por Guarabira já está surtindo efeito e já há registros de três barragens que estão sangrando. A barragem de Araçagi (que abastece Araçagi, Guarabira e Pilõezinhos) permanece sangrando, enquanto que a barragem de São Salvador (que abastece Sapé, Sobrado, Mari, Mulungu, Gurinhém, e Cajá/Caldas Brandão), começou a sangrar na última sexta-feira (14).

Nesta segunda-feira (17), a barragem de Pitombeira, que abastece Alagoa Grande (que tem população superior a 28 mil habitantes) começou a sangrar. O manancial tem capacidade para armazena 2.955 mil metros cúbicos de água e está em sua carga máxima.

A barragem de Pitombeira foi construída pela gestão governador Ricardo Coutinho e inaugurada no dia 8 de abril de 2016. A construção de uma nova barragem para garantir segurança hídrica para o município foi a alternativa encontrada, depois que a barragem de Camará se rompeu, prejudicamento abastecimento de Alagoa Grande.

Comente esta matéria

Você também pode gostar

UPA de Guarabira realiza mais de 44 mil atendimentos em seis meses
Notícias
0 shares93 views
Notícias
0 shares93 views

UPA de Guarabira realiza mais de 44 mil atendimentos em seis meses

Jota Alves - jul 16, 2019

De acordo com o coordenador-administrativo da UPA Guarabira, Júnior Fernandes, estes números mostram a relevância do equipamento para a região

Proibição de telemarketing de telefônicas começa a valer nesta terça-feira
Notícias
0 shares43 views
Notícias
0 shares43 views

Proibição de telemarketing de telefônicas começa a valer nesta terça-feira

Jota Alves - jul 16, 2019

As companhias vão ter de abrir canais para que seus clientes possam solicitar a inclusão no grupo, que passará a não poder mais receber ligações com ofertas de serviços de telecomunicações.

Sem bombeamento, Transposição do São Francisco tem rachaduras e plantas no concreto
Notícias
0 shares78 views
Notícias
0 shares78 views

Sem bombeamento, Transposição do São Francisco tem rachaduras e plantas no concreto

Jota Alves - jul 16, 2019

As águas da Transposição começaram a chegar na Paraíba no Eixo Leste no dia 08 de março de 2017