Botafogo-PB vence o ABC-RN por 2 a 1 fora de casa e entra no G-4

Em partida válida pela quarta rodada da Série C do Campeonato Brasileiro, o Botafogo-PB venceu o ABC-RN, de virada, por 2 a 1 na tarde deste domingo (19), no Estádio Frasqueirão, em Natal. Os gols saíram apenas no segundo tempo, o ABC-RN abriu o placar aos 30 minutos, e o Belo empatou aos 42, com gol do atacante Dico e virou aos 48 com gol de Kelvin. Com o resultado, o Belo conquistou a primeira vitória na competição, ficando com 7 pontos, podendo terminar a rodada no G-4 do Grupo A da Série C.

O jogo começou morno, sem nenhuma chance clara de gol, com as equipes se estudando bastante. A primeira boa jogada saiu apenas aos 41 minutos da primeira etapa. O meia Clayton arriscou de fora da área, assustando o goleiro Edson, que apenas observou a bola raspando a trave. Apesar de poucas chances claras, o ABC foi quem comandou o primeiro tempo, tendo um bom volume de jogo e posse de bola.

2º tempo
Na segunda etapa da partida, as equipes passaram proporcionar um jogo mais aberto, com boas tramas. Com a necessidade da vitória para ambos os times, os treinadores Evaristo Piza e Sérgio Soares mudaram a postura das equipes para o que vinha pela frente no Frasqueirão. Logo no reinício do jogo, o ABC perdeu uma boa chance, para uma boa defesa do goleiro Saulo.

A partir dos 20 minutos, o ABC aplicou uma verdadeira blitz para cima do Belo, foram, no mínimo, três chances de gol desperdiçadas, méritos para o goleiro do Botafogo-PB, que não deixou fácil para os donos da casa. O gol dos mandantes não demorou muito. Aos 29, Hélio Paraíba aproveitou um cruzamento do meia Guedes e balançou as redes do Frasqueirão pela primeira vez.

Na raça
Sabendo da necessidade de vencer o jogo, o treinador Evaristo Piza foi para o ‘tudo ou nada’. Efetuou duas substituições que mudaram a partida, literalmente. Dico e Kelvin entraram em campo para dar mais velocidade e ofensividade ao Belo, que, em caso de derrota, se complicaria de vez na Série C.

Aos 42 minutos, aproveitando uma falha grotesca da defensiva adversária, o atacante Dico chutou pro gol, empatando o jogo em Natal. Não demorou muito para a virada. O árbitro da partida assinalou cinco minutos de acréscimo, tempo mais que suficiente para o atacante Kelvin virar o jogo no Frasqueirão. Em uma boa trama pela direita, o baixinho se antecipou à zaga adversária e marcou o tento da vitória paraibana. 2 a 1.

(Foto: Nádya Araújo/Botafogo-PB)

Do Portal Correio