Cacimba de Dentro: homem é preso com mais de 300 papelotes de maconha

Ainda conforme informações da PM, o homem é suspeito de atirar várias vezes contra uma vítima que trafegava num veículo

junho 18, 2017
339 Visualizações

Um homem de 26 anos foi preso sob suspeita de um tentativa de homicídio na cidade de Cacimba de Dentro, no Agreste paraibano. Com ele, policiais militares encontraram ainda mais de 300 papelotes de maconha, um revólver calibre 38 e facões.

Ainda conforme informações da PM, o homem é suspeito de atirar várias vezes contra uma vítima que trafegava num veículo no centro da cidade na noite de quinta-feira (15). Durante as buscas, que se estenderam até o fim da tarde de sexta, a polícia conseguiu prender o suspeito na casa del dele.

Após uma revista no local, os policiais encontraram escondidos 318 papelotes de maconha, um revólver calibre 38 e facas. O suspeito foi encaminhado para a delegacia para prestar esclarecimentos.

Fonte: G1PB

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Em Jacaraú, criança de 11 meses precisa de cirurgia na cabeça e família faz campanha
Notícias
0 shares190 views
Notícias
0 shares190 views

Em Jacaraú, criança de 11 meses precisa de cirurgia na cabeça e família faz campanha

Jota Alves - nov 18, 2017

Quem quiser colaborar com a campanha “Todos por Nícolas”, é só contribuir com qualquer valor em dinheiro

Vereador do PSB aciona e Justiça suspende convocação de eleição da Câmara de Mamanguape
Política
0 shares84 views
Política
0 shares84 views

Vereador do PSB aciona e Justiça suspende convocação de eleição da Câmara de Mamanguape

Jota Alves - nov 18, 2017

Desta forma, a juíza Kalina Oliveira, concedeu com base no art. 7º, II, da Lei 1.53/51, a suspensão da sessão

Sargento reformado da PM, embriagado, provoca acidente e mata dono do Bar da Nica
Policial
0 shares8095 views
Policial
0 shares8095 views

Sargento reformado da PM, embriagado, provoca acidente e mata dono do Bar da Nica

Jota Alves - nov 18, 2017

Imagens feitas no local do acidente mostram que o estado de embriaguez do homem era tamanha que sequer conseguiu sair do carro