Cacimba de Dentro: homem é preso com mais de 300 papelotes de maconha

Ainda conforme informações da PM, o homem é suspeito de atirar várias vezes contra uma vítima que trafegava num veículo

junho 18, 2017
692 Visualizações

Um homem de 26 anos foi preso sob suspeita de um tentativa de homicídio na cidade de Cacimba de Dentro, no Agreste paraibano. Com ele, policiais militares encontraram ainda mais de 300 papelotes de maconha, um revólver calibre 38 e facões.

Ainda conforme informações da PM, o homem é suspeito de atirar várias vezes contra uma vítima que trafegava num veículo no centro da cidade na noite de quinta-feira (15). Durante as buscas, que se estenderam até o fim da tarde de sexta, a polícia conseguiu prender o suspeito na casa del dele.

Após uma revista no local, os policiais encontraram escondidos 318 papelotes de maconha, um revólver calibre 38 e facas. O suspeito foi encaminhado para a delegacia para prestar esclarecimentos.

Fonte: G1PB

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Serra da Raiz: Noronha Monteiro vai ao TCE-PB e MPF apresentar denúncia contra Adailma
Política
0 shares33 views
Política
0 shares33 views

Serra da Raiz: Noronha Monteiro vai ao TCE-PB e MPF apresentar denúncia contra Adailma

Jota Alves - jun 20, 2019

De acordo com postagem feitas em redes sociais, as possíveis irregularidades são em processos licitatórios

“Não tenho apego ao cargo, se houver irregularidades, eu saio”, diz Moro na CCJ do Senado
Política
0 shares26 views
Política
0 shares26 views

“Não tenho apego ao cargo, se houver irregularidades, eu saio”, diz Moro na CCJ do Senado

Jota Alves - jun 20, 2019

Segundo o site The Intercept Brasil, as mensagens foram trocadas entre 2015 e 2018 e obtidas a partir da invasão de aparelhos dos procuradores por hackers

Prefeito que convocou comissionados para show da noiva é preso
Política
0 shares34 views
Política
0 shares34 views

Prefeito que convocou comissionados para show da noiva é preso

Jota Alves - jun 20, 2019

A Operação Harpalo começou em dezembro de 2018 e investiga o superfaturamento em contratos da prefeitura de Camaragibe