Cacimba de Dentro: homem é preso com mais de 300 papelotes de maconha

Ainda conforme informações da PM, o homem é suspeito de atirar várias vezes contra uma vítima que trafegava num veículo

junho 18, 2017
672 Visualizações

Um homem de 26 anos foi preso sob suspeita de um tentativa de homicídio na cidade de Cacimba de Dentro, no Agreste paraibano. Com ele, policiais militares encontraram ainda mais de 300 papelotes de maconha, um revólver calibre 38 e facões.

Ainda conforme informações da PM, o homem é suspeito de atirar várias vezes contra uma vítima que trafegava num veículo no centro da cidade na noite de quinta-feira (15). Durante as buscas, que se estenderam até o fim da tarde de sexta, a polícia conseguiu prender o suspeito na casa del dele.

Após uma revista no local, os policiais encontraram escondidos 318 papelotes de maconha, um revólver calibre 38 e facas. O suspeito foi encaminhado para a delegacia para prestar esclarecimentos.

Fonte: G1PB

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Família do município de Cacimba Dentro está entre os desaparecidos após quedas de prédios no RJ
Notícias
0 shares35 views
Notícias
0 shares35 views

Família do município de Cacimba Dentro está entre os desaparecidos após quedas de prédios no RJ

Jota Alves - abr 12, 2019

O professor paraibano, Jandi, disse em entrevista à rádio Correio que tem esperança de encontrar os familiares com vida

Aguinaldo Ribeiro vai relatar Orçamento Impositivo na CCJ da Câmara
Política
0 shares21 views
Política
0 shares21 views

Aguinaldo Ribeiro vai relatar Orçamento Impositivo na CCJ da Câmara

Jota Alves - abr 12, 2019

As chamadas emendas de bancada são as apresentadas por deputados e senadores de cada estado para ações específicas naquelas unidades da Federação

Jiboia de 1,5 metros é capturada por morador em frente a posto de saúde, em Guarabira
Notícias
0 shares40 views
Notícias
0 shares40 views

Jiboia de 1,5 metros é capturada por morador em frente a posto de saúde, em Guarabira

Jota Alves - abr 12, 2019

Os Bombeiros orientam para que as pessoas nunca tentem capturar os animais peçonhentos por conta própria