Caco Barcellos é agredido durante protesto e socorrido pela PM

novembro 18, 2016
856 Visualizações
caco
O repórter Caco Barcellos, da TV Globo, foi agredido durante protesto de servidores estaduais do Rio de Janeiro, na tarde desta quarta-feira (16). Alguns manifestantes, contrários à presença do jornalista no local, bloquearam o acesso dele e o impediram de cobrir o ato, próximo à Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro.
Apesar de ter se afastado do protesto após gritos de “golpista” e “o povo não é bobo, abaixo a Rede Globo”, o apresentador do Profissão: Repórter foi perseguido por um grupo e atingido por uma garrafa de água, que o acertou na cabeça. Barcellos foi alvo de chutes e um cone de trânsito e precisou da ajuda de policiais militares para sair do local.
A agressão foi capturada em vídeo por um dos manifestantes e publicada no Facebook. O global, entretanto, não foi o único alvo dos participantes do protesto. Um repórter do jornal O Globo, que gravava um vídeo no local, também foi agredido, desviando-se de um soco e levando chutes. Os manifestantes criticam o pacote de ajustes fiscais sugerido pelo governador Luiz Fernando Pezão. Nesta terça-feira, o protesto terminou em confronto com a polícia.
A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão, juntamente com a Associação Nacional de Editores de Revistas e a Associação Nacional de Jornais, publicou nota de repúdio às agressões sofridas pelos jornalistas. Na carta, as associações dizem considerar “intolerável que todo e qualquer cidadão, em especial os profissionais de comunicação, sofram ameaças ou agressões durante coberturas jornalísticas. Impedir a atuação da imprensa é uma afronta ao direito constitucional da sociedade de acesso às informações de interesse público”.

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Processo de licitação da Prefeitura de Guarabira vira caso de polícia
Notícias
0 shares7 views
Notícias
0 shares7 views

Processo de licitação da Prefeitura de Guarabira vira caso de polícia

Jota Alves - fev 12, 2019

Representantes de empresas dizem que houve possível favorecimento de uma empresa do ramo gráfico

Acumulada, Mega-Sena pode pagar R$ 10 milhões nesta quarta
Notícias
0 shares12 views
Notícias
0 shares12 views

Acumulada, Mega-Sena pode pagar R$ 10 milhões nesta quarta

Jota Alves - fev 12, 2019

As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet

Quarteto suspeito de roubos a caminhões de carga é preso em operação da PM e PC
Policial
0 shares80 views
Policial
0 shares80 views

Quarteto suspeito de roubos a caminhões de carga é preso em operação da PM e PC

Jota Alves - fev 12, 2019

O grupo ainda foi responsável por roubar um revólver de um vigilante do campus da UFPB de Areia, em 2018

Leave a Comment

Your email address will not be published.