CCJ do Senado aprova reajuste para salários de ministros do STF

agosto 3, 2016
1336 Visualizações

STF_ministros

A Comissão de Constituição e Justiça do Senado (CCJ) aprovou hoje (3) o reajuste dos salários dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Pelo texto aprovado, que segue para análise da Comissão de Assuntos Econômicos da Casa (CAE), o valor passará dos atuais R$ 33.713,00 para R$ 36.763 este ano e R$ 39.298, em janeiro de 2017.

Os salários dos ministros do STF correspondem ao teto do funcionalismo público. Por isso, o reajuste tem efeito cascata, podendo significar também reajustes nos salários de funcionários públicos do alto escalão do governo.

Relator da matéria, o senador José Maranhão (PMDB-PB) justificou o parecer favorável ao aumento, lembrando que o valor está defasado em relação à inflação e que foi reajustado pela última vez em janeiro de 2015. Se for aprovado na CAE, o texto seguirá para o plenário do Senado.

Fonte: Agência Brasil

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Chove em Guarabira e acumulado soma 32mm nas últimas 24h
Notícias
0 shares30 views
Notícias
0 shares30 views

Chove em Guarabira e acumulado soma 32mm nas últimas 24h

Jota Alves - jun 13, 2019

Embora tenha caído um volume considerável de chuva, mas em razão de não ser tão intensa e forte, não foi suficiente para acumular água em locais que historicamente ocorrem inundações

Em Guarabira, marginal é preso pela ROTAM com moto, dinheiro, drogas e celulares
Policial
0 shares36 views
Policial
0 shares36 views

Em Guarabira, marginal é preso pela ROTAM com moto, dinheiro, drogas e celulares

Jota Alves - jun 13, 2019

O suspeito fugiu pulando muro dos quintas das residências. Uma arma, drogas e celulares foram aprendidos por policiais da Rotam do 4° BPM.

Marcelo Bandeira denuncia sucateamento das estradas da zona rural em Guarabira
Política
0 shares72 views
Política
0 shares72 views

Marcelo Bandeira denuncia sucateamento das estradas da zona rural em Guarabira

Jota Alves - jun 12, 2019

O presidente da Câmara Municipal citou localidades como Maciel, Tananduba, Pirpiri, Escrivão, Catolé, dentre outras, onde as estradas estão em situação de precariedade

Leave a Comment