Datafolha: Lula cai, Marina sobe e Joaquim Barbosa desponta com até 10%

Levantamento do instituto foi feito entre quarta e sexta-feira. Sem petista, Marina cresce e encosta em Bolsonaro

abril 15, 2018
374 Visualizações

Pesquisa Datafolha que entrevistou eleitores entre quarta e sexta-feira aponta para uma queda de intenção de voto no ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na corrida eleitoral. Lula começou a cumprir pena de prisão há uma semana, condenado por corrupção e lavagem de dinheiro no âmbito da Operação Lava Jato. De acordo com informações publicadas pelo jornal Folha de S. Paulo, Lula aparece com 31% dos votos em seu melhor cenário, uma queda em relação a seu melhor índice anterior (36%), registrado em janeiro pelo mesmo instituto. Foram realizadas 4.194 entrevistas e a margem de erro do estudo é de dois pontos para mais ou para menos.

A queda do petista acompanha o crescente debate interno no PT com relação à candidatura de Lula. A informação oficial é que o ex-presidente será o candidato da legenda até o fim – mesmo condenado e detido, o político pode ser candidato e até eleito – a palavra final é do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e pode vir apenas na reta final de campanha, depois de agosto. A questão é que, até lá, o apoio de Lula, visto como candidato cada vez mais inviável, pode declinar. Isso enfraqueceria o papel do ex-presidente como cabo eleitoral. Todos no PT repetem que a decisão de desistir ou não da candidatura será de Lula.

Em uma análise publicada pela Folha, dois diretores do Datafolha lembram um dado que mostra o impacto da prisão do petista na intenção de voto: queda na pesquisa espontânea. Esse é o tipo de levantamento em que o eleitor é instado a responder em quem pretende votar sem que seja citado nenhum nome e é considerado um bom termômetro. Nesta pergunta específica, as menções ao nome do petista caíram 4 pontos percentuais. Por outro lado, sua rejeição, que já vinha em queda, caiu ainda mais.

Joaquim Barbosa desponta
O Datafolha também perguntou aos eleitores sobre intenção de voto em cenários em que o ex-presidente não está na urna eletrônica. Com o petista fora, o deputado de extrema direita Jair Bolsonaro (PSL), recém denunciado por racismo no Supremo Tribunal Federal, e a ex-senadora Marina Silva (Rede) aparecem grudados na liderança. Bolsonaro tem 17% e a ex-ministra do Meio Ambiente de Lula oscila entre 15% e 16%.

Ainda nos cenários sem Lula, o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), aparece com entre 7% e 8%, colado com o pedetista Ciro Gomes (9%). A novidade do levantamento é a inclusão do nome do ex-ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Joaquim Barbosa. Recém filiado ao PSB, mas sem nem sequer ter lançado pré-candidatura presidencial, ele aparece com até 10% das intenções de voto.

Pesquisa Ipsos
Nem tudo foi má notícia para Lula, no entanto. Neste sábado, o jornal Estado de S. Paulo divulgou dados da pesquisa do instituto Ipsos que também mostram um país dividido quanto à prisão de Lula (50% a favor e 46% contra). Mais do que isso: os números do levantamento, que tem três pontos de margem de erro, mostram que uma ampla maioria da população (73%) concorda com a afirmação de que “os poderosos querem tirar Lula da eleição”. Outros 55% concordam com a afirmação de que ele sofre perseguição na Lava Jato.

Do El País

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Reforma da Previdência será debatida em audiência pública na Câmara de Guarabira, nesta sexta
Política
0 shares5 views
Política
0 shares5 views

Reforma da Previdência será debatida em audiência pública na Câmara de Guarabira, nesta sexta

Jota Alves - mar 21, 2019

Deputado Gervásio Maia, professor Agassiz Almeida, secretário do ODE Célio Alves, capitão Allan Jones e presidente da FETAG-PB Liberalino Lucena serão os debatedores

Vereador Renato Meireles propõe desobstruir vias do centro de Guarabira
Política
0 shares17 views
Política
0 shares17 views

Vereador Renato Meireles propõe desobstruir vias do centro de Guarabira

Jota Alves - mar 21, 2019

Meireles disse que tem recebido muitas reclamações sobre o caos do trânsito de Guarabira

Guarabira: Renato Toscano eleito para vice-presidente da Câmara em eleição barulhenta
Política
0 shares14 views
Política
0 shares14 views

Guarabira: Renato Toscano eleito para vice-presidente da Câmara em eleição barulhenta

Jota Alves - mar 21, 2019

Antes de iniciado o processo de coleta dos votos, o tema foi objeto de discussões acaloradas