Em Alagoa Grande, jovem usuário de drogas é assassinado à facadas

A vítima foi identificada como Jean Gonçalves da Silva, 25 anos de idade, sendo atingido com dois golpes

março 13, 2019
72 Visualizações

Um jovem de 25 anos de idade foi assassinado com golpes de faca peixeira. O crime aconteceu na madrugada desta quarta-feira (13) na Rua Antônio Inácio de Araújo, no Conjunto Vera Cruz, em Alagoa Grande, Brejo paraibano. Para a Polícia, a vítima era usuária de drogas.

A vítima foi identificada como Jean Gonçalves da Silva, 25 anos de idade, sendo atingido com dois golpes de faca peixeira na região do tórax. Policiais da 2° Companhia Independente da Polícia Militar insolaram a área até a chegada dos peritos.

A Polícia não conseguiu localizar o responsável por assassinar Jean. As investigações serão realizadas pela Polícia Civil no intuito de desvendar os motivos do crime e efetuar a prisão do autor.

Fonte: Blog do Galdino

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Guarabira dá início nesta quarta-feira à exposição internacional de Arte Naif
Notícias
0 shares7 views
Notícias
0 shares7 views

Guarabira dá início nesta quarta-feira à exposição internacional de Arte Naif

Jota Alves - maio 22, 2019

Cerca de 60 artistas, de outros estados do Brasil e de alguns dos países participantes, estarão presentes à vernissage que acontece a partir das 7 da noite

Grupo armado detona 2 bancos em cidade do interior da Paraíba
Policial
0 shares12 views
Policial
0 shares12 views

Grupo armado detona 2 bancos em cidade do interior da Paraíba

Jota Alves - maio 22, 2019

Muitas casas, apartamentos abalados com a força dos tiros e explosões tiveram tetos derrubados, portas ao chão e muitos cidadãos com seus psicológicos traumatizados

Governadores de 13 estados e do DF divulgam carta contra decreto de armas
Política
0 shares25 views
Política
0 shares25 views

Governadores de 13 estados e do DF divulgam carta contra decreto de armas

Jota Alves - maio 21, 2019

Na avaliação do grupo, o decreto que amplia o direito do cidadão à arma vai aumentar a violência no país