Em ato contra prisão de Lula, vândalos depredam prédio da TV Cabo Branco

Um jornalista da rádio Band News que fazia a cobertura do protesto foi agredido por quatro vândalos

abril 7, 2018
429 Visualizações

Manifestantes que realizavam um protesto no centro de João Pessoa na tarde desta sexta-feira (06) depredaram o prédio da TV Cabo Branco, afiliada da Rede Globo.

Um grupo de vândalos atirou pedras nas janelas e derrubou o portão de entrada de veículos da sede da empresa. Muitos funcionários tiveram que ser retirados de seus postos de trabalho. Ninguém ficou ferido.

Um jornalista da rádio Band News que fazia a cobertura do protesto foi agredido por quatro vândalos. Eles derrubaram o gravador e o celular que o jornalista usava para trabalhar e deram vários socos nele.

Todas as imagens com flagrantes de vandalismo vão ser entregues à polícia.

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Adolescente é esfaqueado dentro de escola em Cacimba de Dentro
Policial
0 shares7 views
Policial
0 shares7 views

Adolescente é esfaqueado dentro de escola em Cacimba de Dentro

Jota Alves - maio 20, 2019

O motivo da facada teria sido uma discussão entre a vítima e o agressor, também de 17 anos e aluno da Escola Estadual Pedro Targino

Marcelo Bandeira entrega requerimentos dos vereadores ao governador João Azevêdo
Política
0 shares14 views
Política
0 shares14 views

Marcelo Bandeira entrega requerimentos dos vereadores ao governador João Azevêdo

Jota Alves - maio 20, 2019

Marcelo acompanhou a agenda do governador, participando no período da manhã da inauguração do sistema de abastecimento de água e da Escola Municipal de Ensino Fundamental Domício Ribeiro Duarte, no distrito de Santa Lúcia, em Araçagi.

Governador atende pedido de Noronha Monteiro e Serra da Raiz é contemplada com reforma de escola e ginásio
Política
0 shares22 views
Política
0 shares22 views

Governador atende pedido de Noronha Monteiro e Serra da Raiz é contemplada com reforma de escola e ginásio

Jota Alves - maio 20, 2019

Noronha e sua comitiva participaram da audiência do ODE e solicitaram a reforma da Escola Estadual "Maria José de Miranda Burity"