Em Solânea, adolescente de 14 anos morre vítima de descarga elétrica

Segundo informações de testemunhas, o garoto teria tentado utilizar um aparelho para esquentar água para o banho

novembro 20, 2018
267 Visualizações

Um adolescente de 15 anos morreu após sofrer um choque elétrico na casa em que residia, na cidade de Solânea, no Brejo da Paraíba, a 130 km de João Pessoa, na noite desta segunda-feira (19).

Segundo informações de testemunhas, o garoto teria tentado utilizar um aparelho para esquentar água para o banho quando sofreu o choque. Em contato com a imprensa, a Polícia Militar local confirmou a ocorrência, mas não apurou o que teria ocorrido para que o acidente acontecesse.

A vítima foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência para o Hospital Regional de Solânea, mas não resistiu às seqüelas do choque e faleceu antes de ser internada na unidade de saúde.

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Vice-governadora se reúne com ministra e pede instalação da Casa da Mulher Brasileira na Paraíba
Política
0 shares12 views
Política
0 shares12 views

Vice-governadora se reúne com ministra e pede instalação da Casa da Mulher Brasileira na Paraíba

Jota Alves - fev 13, 2019

Ainda na audiência, a vice-governadora apresentou à ministra Damares Alves o programa de condomínio Cidade Madura, construído pelo Governo do Estado

CRM-PB vai interditar bloco cirúrgico no Trauminha após encontrar mofo, ferrugem e buracos
Notícias
0 shares20 views
Notícias
0 shares20 views

CRM-PB vai interditar bloco cirúrgico no Trauminha após encontrar mofo, ferrugem e buracos

Jota Alves - fev 13, 2019

Com a interdição, os médicos ficam proibidos de realizarem procedimentos no setor

Em nota, pregoeiro da prefeitura de Guarabira nega favorecimento em licitação
Notícias
0 shares24 views
Notícias
0 shares24 views

Em nota, pregoeiro da prefeitura de Guarabira nega favorecimento em licitação

Jota Alves - fev 13, 2019

Na nota, o pregoeiro destaca que existe transparência nas licitações feitas pela gestão atual com transmissão pela internet, se defende das acusações de favorecer uma empresa e assegura que a licitação foi suspensa