Entrevista no rádio: Célio Alves defende candidatura própria do PSB a prefeito de Guarabira

O secretário, que disputou cadeira de deputado estadual pelo PSB ano passado, ainda foi perguntado se pretende se candidatar a prefeito

fevereiro 9, 2019
130 Visualizações

Secretário-executivo do Orçamento Democrático Estadual e presidente do PSB de Guarabira, Célio Alves concedeu entrevista à Rádio Cultura FM, nesta sexta-feira (8), sendo sabatinado pelos radialistas Digenilson Silva e Martins Júnior e também respondendo a perguntas de ouvintes da região.

Entre tantas questões discutidas durante a entrevista, os profissionais de imprensa perguntaram sobre a política local e se o PSB pretende disputar a Prefeitura de Guarabira nas eleições do próximo ano. Célio defendeu candidatura própria da legenda e argumentou que num cenário ainda mais complicado, o partido teve candidatura em 2016.

“A minha tese é que nós tenhamos candidatura própria do PSB. Eu penso que esse deve ser um caminho sem volta dentro do partido porque em 2016 o quadro era muito mais adverso e nós encaramos a disputa através do companheiro Josa da Padaria. O PSB avalizou a candidatura, o governador Ricardo Coutinho esteve aqui várias vezes e participou da nossa convenção, a única na região”, destacou o socialista.

Embora o PSB tenha a intenção de ir para a disputa, abrirá diálogos com forças políticas de outras legendas que façam oposição ao prefeito de Guarabira, Zenóbio Toscano (PSDB). Mas não abre mão da cabeça-de-chapa.

“Isso não significa que nós não possamos conversar com outras forças que façam oposição ao prefeito de Guarabira. Porém com uma condição indispensável: a candidatura será do PSB. Não há quem tenha nesse momento mais protagonismo do que o PSB nesse campo da nova política. Se esse candidato está filiado hoje ou irá se filiar amanhã é uma outra discussão que nós vamos fazer”, falou Célio.

O secretário, que disputou cadeira de deputado estadual pelo PSB ano passado, ainda foi perguntado se pretende se candidatar a prefeito de Guarabira, disse que não tem esse objetivo, vai discutir isso com o partido e defendeu a construção de um projeto de cidade.

“Eu não posso negar que ouço manifestações constantes de companheiros, vejo em redes sociais, os contatos que as pessoas têm comigo, mesmo fora de Guarabira, em relação a uma candidatura minha. Particularmente eu não tenho objetivo de me candidatar. Mas vou discutir isso com o partido, com a cidade. O que eu defendo é que nós do PSB possamos, primeiramente, construir um projeto de cidade, porque se for para ganhar por ganhar para mim não interessa, nem ao PSB”, pontuou o secretário.

Agenda cheia

Ainda em Guarabira, o secretário Célio Alves visitou obras de melhorias na porta de entrada e ampliação de espaços para melhoria de atendimentos no Hospital Regional de Guarabira. Depois se reuniu com conselheiros estaduais do Orçamento Democrático Estadual da Região de Guarabira e vez visita a obras de reforma da Escola Estadual Antenor Navarro, reivindicada em plenária do ODE, e que será brevemente entregue à população, com investimento superior a R$ 2,5 milhões.

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Ação policial prende grupo criminoso que toca o terror em Solânea e Araruna
Policial
0 shares1 views
Policial
0 shares1 views

Ação policial prende grupo criminoso que toca o terror em Solânea e Araruna

Jota Alves - jul 16, 2019

Com o grupo, também foi apreendida uma grande quantidade de maconha e crack, destinadas ao tráfico.

Moro chama novos vazamentos de ‘ridículos’ e desafia ‘The Intercept’
Política
0 shares44 views
Política
0 shares44 views

Moro chama novos vazamentos de ‘ridículos’ e desafia ‘The Intercept’

Jota Alves - jul 16, 2019

O ex-juiz ainda desafiou a equipe de reportagem, dizendo: “se houver algo autêntico, publiquem por gentileza”.

Homicídios caem 21,8% no semestre e projeção aponta mais uma redução em 2019
Policial
0 shares67 views
Policial
0 shares67 views

Homicídios caem 21,8% no semestre e projeção aponta mais uma redução em 2019

Jota Alves - jul 16, 2019

Com esses números, o Estado continua a ser o único do Brasil a reduzir homicídios durante sete anos consecutivos e ainda neste 1º semestre.