Ex-policial militar é preso com cerca de R$ 10 mil em cédulas falsas em João Pessoa

Cícero Avelino foi excluído da Polícia Militar em 1991, e, segundo disse, o motivo foi por ter atirado em uma pessoa

janeiro 14, 2019
46 Visualizações

Um homem foi encontrado na tarde desta segunda-feira (14) com uma quantia de R$ 10 mil em notas falsas. A Polícia Civil da Paraíba prendeu ele em flagrante, no bairro Ernani Sátiro, em João Pessoa. A prisão de Cícero Avelino dos Santos, 52 anos que é um ex-policial militar, aconteceu quando ele transportava o dinheiro falso dentro de uma mochila.

O investigado estava pilotando uma moto quando foi abordado pelos policiais. Cícero Avelino foi excluído da Polícia Militar em 1991, e, segundo disse, o motivo foi por ter atirado em uma pessoa.

Cícero Avelino começou a ser monitorado pelos policiais do Grupo de Operações Especiais há uma semana, após uma denúncia anônima. “Recebemos a informação de venda de notas falsas e começamos a investigação. Ele foi identificado e no início da tarde desta segunda-feira observamos quando ele passou por uma rua em atitude suspeita, decidimos abordá-lo e encontramos as cédulas falsas.

Ele não revelou a origem do material, falou que comprou para revender durante as festas na Capital e no Carnaval. As notas apresentam uma falsificação grosseira, mas podiam representar prejuízo para os comerciantes que não têm o hábito de examinar as cédulas que recebem”, disse o delegado Joames Oliveira.

Os levantamentos policiais mostram que Cícero Avelino já responde a processos por crimes de estelionato na Paraíba e no Rio de Janeiro, furto e apropriação indébita. Há quatro meses ele foi preso com notas falsas, mas recebeu a liberdade provisória. Agora Cícero vai responder por adquirir moeda falsa. A pena vai de 3 a 12 anos de reclusão. Por ser um crime federal, o investigado será apresentado à Justiça Federal e as cédulas falsas serão encaminhadas para o Instituto de Polícia Cientifica da Paraíba (IPC), onde serão periciadas. A polícia agora vai concentrar os trabalhos na identificação dos responsáveis pela fabricação das notas falsas e pela distribuição delas.

A prisão foi feita por policiais do Grupo de Operação Especiais (GOE) da Polícia Civil. O suspeito e as cédulas foram levados para a sede do GOE.

Fonte: Portal do Litoral

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Araruna: polícia desarticula quadrilha que estava montando ponto de drogas; 3 são de Guarabira
Policial
0 shares35 views
Policial
0 shares35 views

Araruna: polícia desarticula quadrilha que estava montando ponto de drogas; 3 são de Guarabira

Jota Alves - fev 15, 2019

Os suspeitos foram presos em uma casa que fica no final de uma vila, na Rua da Areia, centro de Araruna

CPCon divulga resultado preliminar do concurso público da Prefeitura de Pilõezinhos
Notícias
0 shares30 views
Notícias
0 shares30 views

CPCon divulga resultado preliminar do concurso público da Prefeitura de Pilõezinhos

Jota Alves - fev 15, 2019

No toral foram oferecidas 73 vagas para preenchimento de diversos cargos que comporão o quadro de servidores efetivos

Veneziano critica PPP aprovada pela base de Romero Rodrigues que pretende privatizar a Cagepa
Política
0 shares13 views
Política
0 shares13 views

Veneziano critica PPP aprovada pela base de Romero Rodrigues que pretende privatizar a Cagepa

Jota Alves - fev 14, 2019

Veneziano lembrou que Campina, nos anos 2000, perdeu a sua Companhia de Eletricidade, a Celb, num processo de venda em que ainda hoje a prefeitura é cobrada