Ex-prefeito de Borborema se livra de condenação no Tribunal de Justiça

fevereiro 25, 2016
553 Visualizações

Borborema

Condenado na primeira instância por improbidade administrativa, com suspensão dos direitos políticos por oito anos, dentre outras penalidades, o ex-prefeito de Borborema José da Costa Maranhão, conseguiu reverter a situação no Tribunal de Justiça da Paraíba.

Ele é acusado de diversas irregularidades, tais como utilização irregular de frentes produtivas de trabalho em serviços de alçada exclusiva do município, valor pago acima do valor efetivamente licitado e excesso de custos na realização de obras.

O processo foi julgado no Mutirão da Meta 4 realizado pelo Tribunal de Justiça. Só que na instância superior ele conseguiu ser absolvido de todas as acusações, ficando apto para disputar as eleições municipais de 2016.

Fonte: Jornal da Paraíba 

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Marcelo Bandeira denuncia sucateamento das estradas da zona rural em Guarabira
Política
0 shares42 views
Política
0 shares42 views

Marcelo Bandeira denuncia sucateamento das estradas da zona rural em Guarabira

Jota Alves - jun 12, 2019

O presidente da Câmara Municipal citou localidades como Maciel, Tananduba, Pirpiri, Escrivão, Catolé, dentre outras, onde as estradas estão em situação de precariedade

Pilõezinhos: em apenas 2 anos e 5 meses, 40 servidores públicos municipais aposentados
Política
0 shares19 views
Política
0 shares19 views

Pilõezinhos: em apenas 2 anos e 5 meses, 40 servidores públicos municipais aposentados

Jota Alves - jun 12, 2019

Em sua rede social, a prefeita Mônica agradeceu aos servidores aposentados que passaram grande parte de suas vidas dedicando-se ao serviço público

Pai da noiva nega gravidez da filha e aceita romance da jovem com padre Everson
Notícias
0 shares40 views
Notícias
0 shares40 views

Pai da noiva nega gravidez da filha e aceita romance da jovem com padre Everson

Jota Alves - jun 12, 2019

Everson Danilo Vasconcelos Santos, natural de Alagoa Grande, foi ordenado padre no dia 6 de outubro de 2017, tendo permanecido na função durante apenas 1 ano e 8 meses

Leave a Comment