Ex-prefeito de Cuité, Bado Venâncio tem ‘boquinha’ de R$ 12 mil no gabinete de Cássio

O ex-prefeito de Cuité, Osvaldo Venâncio dos Santos Filho, (Bado), filiado ao PSDB, ganha R$ 12.321,91 como Assistente Parlamentar Intermediário no gabinete do senador Cássio Cunha Lima no Senado Federal.

O ex-prefeito Bado Venâncio tem ficha de processos na justiça federal por malversação de dinheiro público em um deles foi condenado à prisão por lesar o erário.

Enquanto sua esposa foi prefeita da cidade de Cuité em seu primeiro mandato batizou o então governador Cássio de “ governador tatu” só fazia buraco na cidade, o adjetivo veio após um serviço de esgotamento sanitário na cidade ter ficado apenas na escavação de ruas.

O senador Cássio Cunha Lima ao distribuir cargos em comissão do Senado Federal com agentes políticos nas diversas regiões do estado da Paraíba, trabalha nos bastidores para se colocar como candidato a governador nas eleições de 2018 e por enquanto Romero Rodrigues e Luciano Cartaxo esquentam o canto.

“Papa capim dos meus sonhos”, na política é salário dos meus sonhos . Nos últimos dias aliados de Bado Venâncio atacaram nas redes sociais a ex-deputada estadual Gilma Germano por perceber em cargo de auditora do DETRAN-PB a quantia de pouco mais de R$ 10 mil reais, e agora Bado Venâncio ganhando de Brasília pouco mais de 12 mil sem fazer muito esforço.

Esse é o Brasil,  as benesses com chapéu alheio  não para por aí tem mais distribuição de assessoria de gabinete para não fazer nada e ganhar bem para quem viveu e sobrevive da politica.

Fonte: Blog do Dema