Ex-presidiário usa filho de 10 meses como escudo humano para se proteger, mas não escapa da morte

Casa onde vítima foi assassinada

O ex-presidiário Felipe da Silva dos Santos foi assassinado a tiros dentro de casa. O crime ocorreu no final da noite desta segunda-feira (6), no conjunto Mariz, na cidade de Bayeux, Grande João Pessoa. De acordo com a PM, a vítima fez o filho de 10 meses de escudo humano para tentar se livrar da morte, mas os bandidos não se intimidaram e o mataram na frente do filho e esposa.

Segundo os policiais da 1ª CIA, a vítima estava dormindo na companhia da mulher e do filho quando homens invadiram a residência da família. Na tentativa de se livrar da morte, Felipe da Silva colocou o filho no braço, mas os bandidos exigiram que ele entregasse o filho à esposa.

Ainda de acordo com a polícia, após entregar o filho, Felipe da Silva foi assassinado com vários tiros nas costas. Os acusados fugiram sem deixar pistas. A Polícia Militar informou que o jovem deixou o presídio há poucos meses.

Fonte: Bayeux Jovem