Fortaleza vence o Botafogo-PB por 1 a 0 no primeiro jogo da decisão

Fazendo valer o clima de decisão, Fortaleza e Botafogo-PB protagonizaram uma partida eletrizante na noite desta quinta-feira (23), pelo primeiro duelo das finais da Copa do Nordeste, no Estádio Castelão, na capital cearense. Após um primeiro tempo pegado e uma segunda etapa eletrizante, o Fortaleza venceu o Alvinegro da Estrela Vermelha por 1 a 0, saindo de campo com a vantagem de jogar pelo empate nos noventa minutos finais, no Estádio Almeidão, em João Pessoa.

Jogando dentro de casa, com o apoio maciço do torcedor, o Fortaleza ditou o ritmo da partida, povoando o setor ofensivo do campo na maior parte do jogo. Aos oito minutos, o atacante Osvaldo aproveitou bem um cruzamento, cabeceando para defesa do goleiro Saulo.

Aos 15 minutos, o meia Edinho invadiu a área e chutou cruzado, obrigando o arqueiro botafoguense a fazer outra bela defesa. Pressão total do Leão do Pici para cima do Alvinegro da Estrela Vermelha. O Belo se defendia como podia, explorando os erros do adversário, que quase não aconteciam. Logo após o lance, o lateral Tinga teve mais uma oportunidade de abrir o placar, mas ele cabeceou no peito do goleiro Saulo, que salvou o Belo.

Aos 28 minutos, em uma das poucas falhas tricolores, o meia Marcos Vinícius encontrou o atacante Dico livre da marcação, dando um passe açucarado para o camisa 11, que driblou o goleiro e desperdiçou a melhor oportunidade de gol dos paraibanos.

2º tempo
O segundo tempo de jogo começou movimentado, com a mesma tática implementada no primeiro tempo. O Fortaleza avançava com muita velocidade, principalmente explorando os atacantes de Wellington Paulista e Romarinho. Já o Belo se defendia como podia, tentando aproveitar os contra-ataques, mas sem sucesso.

Em uma das chances do alvinegro, o lateral Fábio Alves explorou o chute de fora da área, mas colocou por cima da meta defendida pelo goleiro Marcelo Boeck. Aos 12 minutos, o Botafogo-PB teve a chance de abrir o placar em uma cobrança de falta do lateral Fábio Alves, mas o árbitro marcou falta de ataque do zagueiro Donato. O Fortaleza começou a sentir a pressão que vinha das arquibancadas, com o torcedor inquieto pelo placar ser inaugurado no Castelão.

Blitz do Leão
A partir dos 25 minutos da segunda etapa, o Fortaleza passou a dominar completamente a partida. Em jogada de escanteio trabalhada, o atacante Wellington Paulista chutou forte para o gol, mas a bola contou com um desvio no meio do caminho, evitando o que seria o primeiro gol do jogo. Em novo escanteio, foi a vez de Osvaldo desperdiçar mais uma chance de gol na partida.

Belo responde
Em jogada do meia Enercino, que entrou em campo no segundo tempo, o meia Marcos Vinícius chutou para fora numa das mais perigosas investidas do Botafogo-PB. A bola ainda podia ter sido concluída para o gol pelo atacante Nando, mas o camisa nove não alcançou a bola, deixando escapar pela linha de fundo.

Gol do Fortaleza
O Botafogo-PB até que tentou segurar a ofensiva do Tricolor do Pici, mas, aos 34 minutos do segundo tempo, o atacante Wellington Paulista aproveitou uma trama do meia Edinho, que cruzou a bola na área, deixando o camisa 99 com o trabalho de apenas empurrar para as redes do goleiro Saulo. 1 a 0 no Castelão. Com o resultado negativo, o Botafogo-PB precisa reverter o placar em João Pessoa para levar a decisão para as penalidades ou vencer por uma diferença de dois gols.

Fonte: Portal Correio