Galdino admite distanciamento entre João e Ricardo, mas crê em pacificação

O presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino (PSB), admitiu nesta quarta-feira (21) que há sim um distanciamento entre o governador João Azevêdo e o ex-governador Ricardo Coutinho, ambos do PSB. O socialista, contudo, não acredita que esse distanciamento seja suficiente para gerar um rompimento.

“Existe sim um distanciamento entre ambos, mas não acho que esse fato seja capaz de gerar rompimento. Eles sabem de suas responsabilidades e compromissos com a Paraíba e os paraibanos. Eles já convivem há mais de 12 anos e já tiveram vários momentos de distanciamento e retorno.  Acredito que eles vão ter uma conversa num futuro próximo, vão colocar as cartas na mesa e vão sair dessa conversa ajustados, juntos e unidos”, afirmou Galdino durante entrevista concedida à TV Diário do Sertão.

O comandante do Poder Legislativo inclusive se colocou à disposição para ser o canal de paz entre Ricardo a João. “Já vou tocar nesse assunto e outros assuntos e se houver necessidade e interesse das partes estarei pronto para fazer essa ligação. Acho que isso pode ter consequências administrativas. Vou tentar fazer a união de ambos para cada vez mais fazer uma Paraíba melhor e mais justa”, declarou.

Galdino está em Cajazeiras onde participa da sessão itinerante da Assembleia Legislativa.