Governo publicará nesta terça edital com vagas para o Mais Médicos

Segundo Occhi, os cubanos que quiserem ficar no país poderão participar.

novembro 19, 2018
115 Visualizações

O ministro da Saúde, Gilberto Occhi, disse nesta segunda-feira (19) que o governo vai publicar na terça (20), no “Diário Oficial da União”, edital com cerca de 8,5 mil vagas para o Mais Médicos. As vagas serão abertas, segundo o ministro, para médicos brasileiros e estrangeiros formados no Brasil.

Ainda de acordo com Occhi, o presidente Michel Temer determinou que o país tenha o menor impacto possível com a saída de médicos cubanos do programa. Na semana passada, o governo cubano anunciou que deixaria o Mais Médicos e citou “referências diretas, depreciativas e ameaçadoras” feitas pelo presidente eleito Jair Bolsonaro em relação à presença dos médicos cubanos no Brasil.

Occhi disse que, no edital, constará a lista dos municípios onde serão abertas as vagas. Ele discursou em um evento em Brasília, com prefeitos e vereadores, chamado de “Encontro dos Municípios”, do qual participou também o presidente Temer.

“Amanhã esse edital estará publicado no ‘Diário Oficial da União’, inclusive com a vaga de todos os municípios brasileiros, sejam vagas urbanas ou rurais ou distritos indígenas. Queremos algo em torno de 8,5 mil vagas, que serão disponibilizadas para médicos brasileiros e estrangeiros formados no Brasil, com CRM, conforme prevê a lei”, afirmou o ministro.

Ele disse que na semana que vem será publicado um novo edital, com as vagas que não foram preenchidas, desta vez aberto também para médicos brasileiros e estrangeiros formados no exterior. Segundo Occhi, os cubanos que quiserem ficar no país poderão participar.

“Na semana que vem, na segunda-feira, publicaremos um segundo edital, em que esses mesmos médicos que não fizeram sua opção pelo município poderão continuar a fazer, agora em companhia de médicos brasileiros formados no exterior e médicos estrangeiros formados no exterior. Todos os médicos, inclusive os cubanos, que poderão optar por permanecer”, disse Occhi.

O ministro também informou que vem fazendo reuniões com o ministro da Educação, Rossieli Soares, para agilizar o Revalida, exame aplicado para médicos formados no exterior que pretendem exercer a profissão no Brasil.

“Estamos numa reunião, eu e o ministro da Educação, para que possamos encontrar uma forma mais rápida e eficaz de um novo Revalida, para que médicos brasileiros formados no exterior possam exercer com segurança sua profissão aqui no Brasil”, completou.

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Vice-governadora se reúne com ministra e pede instalação da Casa da Mulher Brasileira na Paraíba
Política
0 shares9 views
Política
0 shares9 views

Vice-governadora se reúne com ministra e pede instalação da Casa da Mulher Brasileira na Paraíba

Jota Alves - fev 13, 2019

Ainda na audiência, a vice-governadora apresentou à ministra Damares Alves o programa de condomínio Cidade Madura, construído pelo Governo do Estado

CRM-PB vai interditar bloco cirúrgico no Trauminha após encontrar mofo, ferrugem e buracos
Notícias
0 shares17 views
Notícias
0 shares17 views

CRM-PB vai interditar bloco cirúrgico no Trauminha após encontrar mofo, ferrugem e buracos

Jota Alves - fev 13, 2019

Com a interdição, os médicos ficam proibidos de realizarem procedimentos no setor

Em nota, pregoeiro da prefeitura de Guarabira nega favorecimento em licitação
Notícias
0 shares20 views
Notícias
0 shares20 views

Em nota, pregoeiro da prefeitura de Guarabira nega favorecimento em licitação

Jota Alves - fev 13, 2019

Na nota, o pregoeiro destaca que existe transparência nas licitações feitas pela gestão atual com transmissão pela internet, se defende das acusações de favorecer uma empresa e assegura que a licitação foi suspensa