Grupo armado intercepta ônibus e assalta estudantes universitários na Paraíba

A ação aconteceu na BR 104, próximo à entrada da cidade de Algodão de Jandaíra

abril 14, 2018
276 Visualizações

Estudantes universitários da cidade de Sossego, Curimataú paraibano, viveram momentos de terror na noite desta sexta-feira (13) quando retornavam da cidade de Campina Grande,  no Agreste. Eles foram vítimas de um assalto dentro do ônibus ao retornar para a cidade. A ação aconteceu na BR 104, próximo à entrada da cidade de Algodão de Jandaíra.

Segundo informações da polícia, quatro homens armados, com uma espingarda calibre 12, um revólver calibre 32, um facão e uma faca, invadiram o veículo, anunciaram o assalto e levaram todos os pertences dos estudantes. 

De acordo com um dos estudantes que estava no ônibus, enquanto a ação acontecia um dos bandidos mantinha um facão no pescoço de uma jovem, que ficou em pânico. Os homens estavam em um veículo Celta preto. Após o crime, seguiram rumo ignorado.

Na cidade de Barra de Santa Rosa, os universitários acionaram a Polícia Militar, mas nenhum suspeito foi localizado.

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Prefeitura de Mari inaugura CEO, CEAS, calçamento e entrega ambulância
Notícias
0 shares61 views
Notícias
0 shares61 views

Prefeitura de Mari inaugura CEO, CEAS, calçamento e entrega ambulância

Jota Alves - set 19, 2018

Em clima de emoção durante a inauguração, o prefeito Antônio Gomes destacou e fez referência a homenageada, a jovem Élida Lidiana

Prefeito de Mari parabeniza a cidade nos seus 60 anos de emancipação política
Política
0 shares42 views
Política
0 shares42 views

Prefeito de Mari parabeniza a cidade nos seus 60 anos de emancipação política

Jota Alves - set 19, 2018

Tenho orgulho de ser mariense, e não medirei esforços para elevar o nome de nossa cidade

Boqueirão deve voltar a ter água da transposição em 20 dias
Notícias
0 shares73 views
Notícias
0 shares73 views

Boqueirão deve voltar a ter água da transposição em 20 dias

Jota Alves - set 19, 2018

O abastecimento foi interrompido desde o mês de maio deste ano devido às obras nos açudes de Poções e Camalaú