Guarabira: marginais arrombam porta de igreja e levam equipamentos de som

De acordo com informações da polícia, os arrombadores entraram pela porta da frente

julho 6, 2018
1743 Visualizações

Na madrugada desta sexta-feira (6), marginais arrombaram a Igreja Batista de Guarabira, localizada na Rua Augusto de Almeida, ao lado do prédio da Justiça Federal, no bairro Novo.

De acordo com informações da polícia, os arrombadores entraram pela porta da frente, tiveram acesso a cômodos do prédio e subtraíram equipamentos eletrônicos da banda de música que eram utilizados nos cultos.

“Levaram o Datashow, levaram todo equipamento de som da gente. Pegaram as caixas, tiraram todos os autofalantes, está tudo revirado aqui.  Tentaram arrombar o banheiro, mas não conseguiram. Uma tristeza muito grande. Tudo que pegaram saíram por trás num carrinho de mão, o mato está todo amassado”, contou uma integrante da igreja.

Investigadores da Polícia Civil estiveram no local para iniciar os procedimentos, tentaram ouvir vizinhos para colher alguma informação, mas ninguém viu movimentação estranha.

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Prefeitura de Mari inaugura CEO, CEAS, calçamento e entrega ambulância
Notícias
0 shares61 views
Notícias
0 shares61 views

Prefeitura de Mari inaugura CEO, CEAS, calçamento e entrega ambulância

Jota Alves - set 19, 2018

Em clima de emoção durante a inauguração, o prefeito Antônio Gomes destacou e fez referência a homenageada, a jovem Élida Lidiana

Prefeito de Mari parabeniza a cidade nos seus 60 anos de emancipação política
Política
0 shares42 views
Política
0 shares42 views

Prefeito de Mari parabeniza a cidade nos seus 60 anos de emancipação política

Jota Alves - set 19, 2018

Tenho orgulho de ser mariense, e não medirei esforços para elevar o nome de nossa cidade

Boqueirão deve voltar a ter água da transposição em 20 dias
Notícias
0 shares73 views
Notícias
0 shares73 views

Boqueirão deve voltar a ter água da transposição em 20 dias

Jota Alves - set 19, 2018

O abastecimento foi interrompido desde o mês de maio deste ano devido às obras nos açudes de Poções e Camalaú