Guarabirense integra equipe campeã do Rali Dakar, realizado na Argentina

Roberto é da zona rural de Guarabira, sítio Passassunga, e logo adolescente foi trabalhar em São Paulo

janeiro 16, 2017
4502 Visualizações

Pela primeira vez na história do Rali Dakar, o Brasil tem representantes campeões. Leandro Torres e Lourival Roldan confirmaram o que já estava bem encaminhado nos últimos dias e chegaram a Buenos Aires na manhã deste sábado (14) campeões entre os UTVs. E foi uma vitória com autoridade: com vantagem de quase cinco horas para os vice-campeões.

Na etapa final, entre Río Cuarto e Buenos Aires, passaram em terceiro, 4min11s atrás do líder, o UTV #378 de Maganov Ravil. Ainda era muito pouco e muito tarde para atrapalhar quem havia ampliado a já imensa vantagem após vencer na última especial longa na sexta-feira.

No final das contas, Torres/Roldan terminaram o Dakar exatas 4h42min34s à frente do UTV comandado pelo chinês Wang Fujiang. A dupla brasileira sai com primeiro título da classe dos UTVs, realizada pela primeira vez. O noviciado da categoria fica evidente pelos abandonos: 50% dos oito inscritos ficou pelo caminho.

“Fantástico. É fantástico. Um sonho, um sonho completo. Ano passado a gente veio ao Dakar para saber o quão difícil seria essa odisseia. Esse ano, planejamos tudo para colocar mais agressividade na mesma equipe, o mesmo carro, e o sonho está completo. Somos os primeiros campeões dos UTVs”, disse Torres com os olhos marejados e acompanhado pelos sorrisos de Roldan.

À rede de TV brasileira Fox Sports, Torres falou mais. “A gente nem sabe direito onde está ainda. Fisicamente, sabemos, mas a cabeça está no mundo da lua. Muita gente no Brasil torcendo pela gente, realmente é um marco, o Brasil nunca ganhou uma categoria, mas tem totais condições de ter mais gente aqui. Acho que a maior vitória não é nem minha, nem do Lourival, acho que é de todos nós”, afirmou.

“Todos gostam de rali no Brasil, e os apaixonados sempre nos incentivaram direta e indiretamente. Então a gente deixa aqui um legado para que mais pessoas tomem essa atitude que a gente tomou. Eu não sou garoto, o Lourival, com esses cabelos brancos, também não. O brasileiro é diferente. Quando quer, consegue”, seguiu.

Guarabirense

O guarabirense Roberto Neri integra a equipe Torres Racing, campeã da edição 2017 do Rali Dakar. Ele é o condutor do motorhome da equipe e já participou várias vezes da competição, sagrando-se campeão também pela primeira vez na história.

Roberto é da zona rural de Guarabira, sítio Passassunga, e logo adolescente foi trabalhar em São Paulo. Depois de tentar a sorte noutras atividades braçais, encontrou um serviço como motorista de um empresário importante na cidade, Leandro Torres, que é apaixonado por aventura e dono da equipe Torres Racing, com diversas participações no Dakar. Roberto foi convidado a entrar no time e desde então faz parte da equipe, agora, campeã.

Durante a competição, Roberto fez algumas imagens, registrando alguns momentos da histórica conquista para os brasileiros.

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Barcelona quer o retorno de Neymar ao clube, especula imprensa
Notícias
0 shares12 views
Notícias
0 shares12 views

Barcelona quer o retorno de Neymar ao clube, especula imprensa

Jota Alves - jun 17, 2019

A volta de Neymar ao Barcelona é um desejo do elenco catalão. O craque é muito amigo da maioria dos jogadores, principalmente Messi, Suárez e Piqué

São João de Todos os Tempos: ENSL realiza grande festa junina em Guarabira
Notícias
0 shares22 views
Notícias
0 shares22 views

São João de Todos os Tempos: ENSL realiza grande festa junina em Guarabira

Jota Alves - jun 17, 2019

O salão foi luxuosamente ornamentado e as professoras, direção e colaboradores,todos empenhados, fizeram uma grande festa.

13ª edição do São João Suassuna é realizado com apoio da Prefeitura de Mari
Notícias
0 shares20 views
Notícias
0 shares20 views

13ª edição do São João Suassuna é realizado com apoio da Prefeitura de Mari

Jota Alves - jun 17, 2019

“Sem o apoio da gestão municipal, essa festa não teria a grandeza que hoje se transformou", destacou Nalva de Caxias