Guarabirense integra equipe campeã do Rali Dakar, realizado na Argentina

Roberto é da zona rural de Guarabira, sítio Passassunga, e logo adolescente foi trabalhar em São Paulo

janeiro 16, 2017
2063 Visualizações

Pela primeira vez na história do Rali Dakar, o Brasil tem representantes campeões. Leandro Torres e Lourival Roldan confirmaram o que já estava bem encaminhado nos últimos dias e chegaram a Buenos Aires na manhã deste sábado (14) campeões entre os UTVs. E foi uma vitória com autoridade: com vantagem de quase cinco horas para os vice-campeões.

Na etapa final, entre Río Cuarto e Buenos Aires, passaram em terceiro, 4min11s atrás do líder, o UTV #378 de Maganov Ravil. Ainda era muito pouco e muito tarde para atrapalhar quem havia ampliado a já imensa vantagem após vencer na última especial longa na sexta-feira.

No final das contas, Torres/Roldan terminaram o Dakar exatas 4h42min34s à frente do UTV comandado pelo chinês Wang Fujiang. A dupla brasileira sai com primeiro título da classe dos UTVs, realizada pela primeira vez. O noviciado da categoria fica evidente pelos abandonos: 50% dos oito inscritos ficou pelo caminho.

“Fantástico. É fantástico. Um sonho, um sonho completo. Ano passado a gente veio ao Dakar para saber o quão difícil seria essa odisseia. Esse ano, planejamos tudo para colocar mais agressividade na mesma equipe, o mesmo carro, e o sonho está completo. Somos os primeiros campeões dos UTVs”, disse Torres com os olhos marejados e acompanhado pelos sorrisos de Roldan.

À rede de TV brasileira Fox Sports, Torres falou mais. “A gente nem sabe direito onde está ainda. Fisicamente, sabemos, mas a cabeça está no mundo da lua. Muita gente no Brasil torcendo pela gente, realmente é um marco, o Brasil nunca ganhou uma categoria, mas tem totais condições de ter mais gente aqui. Acho que a maior vitória não é nem minha, nem do Lourival, acho que é de todos nós”, afirmou.

“Todos gostam de rali no Brasil, e os apaixonados sempre nos incentivaram direta e indiretamente. Então a gente deixa aqui um legado para que mais pessoas tomem essa atitude que a gente tomou. Eu não sou garoto, o Lourival, com esses cabelos brancos, também não. O brasileiro é diferente. Quando quer, consegue”, seguiu.

Guarabirense

O guarabirense Roberto Neri integra a equipe Torres Racing, campeã da edição 2017 do Rali Dakar. Ele é o condutor do motorhome da equipe e já participou várias vezes da competição, sagrando-se campeão também pela primeira vez na história.

Roberto é da zona rural de Guarabira, sítio Passassunga, e logo adolescente foi trabalhar em São Paulo. Depois de tentar a sorte noutras atividades braçais, encontrou um serviço como motorista de um empresário importante na cidade, Leandro Torres, que é apaixonado por aventura e dono da equipe Torres Racing, com diversas participações no Dakar. Roberto foi convidado a entrar no time e desde então faz parte da equipe, agora, campeã.

Durante a competição, Roberto fez algumas imagens, registrando alguns momentos da histórica conquista para os brasileiros.

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Articulador do impeachment de Dilma, Cunha completa um ano de prisão
Política
0 shares51 views
Política
0 shares51 views

Articulador do impeachment de Dilma, Cunha completa um ano de prisão

Jota Alves - out 20, 2017

A pesar de tratado com reverência pelos detidos na Lava-Jato, o ex-parlamentar é tido como o mais frio dos presos

Por causa de gastos com a Festa da Luz, Camila tenta intimidar jornalista
Política
0 shares600 views
Política
0 shares600 views

Por causa de gastos com a Festa da Luz, Camila tenta intimidar jornalista

Jota Alves - out 19, 2017

Responsável pelo Blog do Ninja, Henrique postou o que seria os gastos da Prefeitura de Guarabira, comandada pelo pai da deputada

Maternidade do Hospital Regional de Guarabira é premiada em Simpósio
Notícias
0 shares173 views
Notícias
0 shares173 views

Maternidade do Hospital Regional de Guarabira é premiada em Simpósio

Jota Alves - out 19, 2017

O evento foi uma realização do Governo do Estado com a Ong Círculo do Coração e reuniu cerca de 200 profissionais da Rede