Homens discutem por causa de bomba junina na Paraíba e um acaba morto

O acusado identificado como Almir João da Silva, de 21 anos, que trabalha como marchante, procurou a polícia e se entregou

julho 2, 2018
263 Visualizações

Um homem foi assassinado a golpes de faca, na noite do último sábado (30), no sítio “Nicolândia”, em Massaranduba, no Agreste do estado.

De acordo com informações, durante uma discussão por causa de uma bomba junina, o pintor Jacenilo da Silva Barbosa, 30 anos, foi esfaqueado. O pintor foi socorrido para o Hospital de Massaranduba, devido à gravidade dos ferimentos, foi transferido para o Hospital de Trauma, não resistiu e morreu.

O acusado identificado como Almir João da Silva, de 21 anos, que trabalha como marchante, procurou a polícia e se entregou. Em depoimento, disse que durante a discussão, a vítima o agrediu com uma cadeira e no intuito de defesa, acabou desferindo um golpe de faca.

Ele foi preso e está à disposição da Justiça, para os procedimentos.

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Em sessão solene, Câmara de Guarabira encerra semestre legislativo e entrega honrarias
Política
0 shares9 views
Política
0 shares9 views

Em sessão solene, Câmara de Guarabira encerra semestre legislativo e entrega honrarias

Jota Alves - jun 14, 2019

O plenário da Casa Osório de Aquino ficou lotada de convidados para prestigiar a solenidade

Neymar diz à polícia que usou preservativo com Najila, deu tapas a pedido dela, e que modelo posou para fotos das nádegas
Notícias
0 shares33 views
Notícias
0 shares33 views

Neymar diz à polícia que usou preservativo com Najila, deu tapas a pedido dela, e que modelo posou para fotos das nádegas

Jota Alves - jun 14, 2019

Neymar confirmou que tinha bebido no dia do 1º encontro, mas apenas 1 dose, pois tinha acabado de sair de um treino

Greve geral: escolas fechadas, bloqueios em ruas e garagens de ônibus, na Paraíba
Notícias
0 shares53 views
Notícias
0 shares53 views

Greve geral: escolas fechadas, bloqueios em ruas e garagens de ônibus, na Paraíba

Jota Alves - jun 14, 2019

Em Guarabira, embora não haja até agora registros de protestos, estudantes, professores e técnicos dos campus da UEPB e IFPB aderiram à greve geral.