João Azevêdo lembra de vitória em Guarabira durante discurso de posse

A vantagem de João Azevêdo em Guarabira beirou os 5 mil votos, desbancando os líderes tradicionais da política local

janeiro 2, 2019
216 Visualizações

Célio Alves (empossado secretário do Orçamento Democrático Estadual) com o novo governador João Azevêdo

A histórica vitória do governador João Azevêdo (PSB) em Guarabira, no pleito de 7 de outubro passado, foi lembrada por ele durante o discurso que fez na frente do Palácio da Redenção, depois de receber a faixa governamental das mãos de seu antecessor e companheiro de partido, o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB).

“A população, hoje, sabe que esse projeto é construído não pelo governador, não pelos secretários e dirigentes de órgãos. A população bate no peito e diz: ‘eu participo da construção desse processo’. Essa é a grande diferença. Isso foi que o fez que a Paraíba acreditasse na política, mesmo que em outros lugares não se discutisse política. Isso fez com que o estado da Paraíba se apresentasse nessas eleições de 2018. Houve cidade em que a oposição total votava contra nós e elegeu até dois deputados de oposição. E nós, enquanto projeto de governo para a Paraíba, fomos vitoriosos. Guarabira foi uma”, disse.

A vantagem de João Azevêdo em Guarabira beirou os 5 mil votos, desbancando os líderes tradicionais da política, como o prefeito Zenóbio Toscano e sua filha, a deputada Camila Toscano, bem como a família Paulino, composta por lideranças como Raniery, Roberto e Fátima Paulino.

A campanha do novo governador, em Guarabira, foi organizada pelo radialista Célio Alves, que disputou um mandato de deputado em sua primeira candidatura a um cargo eletivo.

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Serra da Raiz: Noronha Monteiro vai ao TCE-PB e MPF apresentar denúncia contra Adailma
Política
0 shares28 views
Política
0 shares28 views

Serra da Raiz: Noronha Monteiro vai ao TCE-PB e MPF apresentar denúncia contra Adailma

Jota Alves - jun 20, 2019

De acordo com postagem feitas em redes sociais, as possíveis irregularidades são em processos licitatórios

“Não tenho apego ao cargo, se houver irregularidades, eu saio”, diz Moro na CCJ do Senado
Política
0 shares23 views
Política
0 shares23 views

“Não tenho apego ao cargo, se houver irregularidades, eu saio”, diz Moro na CCJ do Senado

Jota Alves - jun 20, 2019

Segundo o site The Intercept Brasil, as mensagens foram trocadas entre 2015 e 2018 e obtidas a partir da invasão de aparelhos dos procuradores por hackers

Prefeito que convocou comissionados para show da noiva é preso
Política
0 shares31 views
Política
0 shares31 views

Prefeito que convocou comissionados para show da noiva é preso

Jota Alves - jun 20, 2019

A Operação Harpalo começou em dezembro de 2018 e investiga o superfaturamento em contratos da prefeitura de Camaragibe