Jovem que estava desaparecido há uma semana é encontrado morto

A casa abandonada fica nas proximidades do sítio onde Maicon residia

novembro 11, 2017
1751 Visualizações

Oito dias após ser dado como desaparecido, o jovem Maycon Lucas, de 20 anos, foi encontrado na manhã deste sábado (11), na zona rural do município de Nazarezinho, Sertão da Paraíba, mas o final da busca foi trágico.

Segundo informações da polícia, um homem entrou em uma casa abandonada no sítio Caldeirão e lá encontrou um corpo em avançado estado de decomposição. Era o corpo de Maicon.

O jovem morava com os pais no sítio Timbaúba, também na zona rural de Nazarezinho, e no dia 04 deste mês pediu a moto do pai para abastecer, mas não retornou. A família chegou a encontrar a motocicleta. No entanto, o paradeiro do rapaz permaneceu um mistério até o corpo ser encontrado e identificado pela polícia neste sábado.

A área foi isolada até a chegada da perícia que vai encaminhar o corpo ao IML da cidade de Patos. A casa abandonada fica nas proximidades do sítio onde Maicon residia. A polícia vai investigar as circunstâncias da morte.

Fonte: Diário do Sertão

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Rompimento de adutora deixa 4 cidades do Brejo sem água, nesta segunda
Notícias
0 shares75 views
Notícias
0 shares75 views

Rompimento de adutora deixa 4 cidades do Brejo sem água, nesta segunda

Jota Alves - out 15, 2018

De acordo com o comunicado, o motivo foi o rompimento de uma adutora

Palhaço estranho é visto perambulando pelas ruas de Guarabira
Notícias
0 shares7441 views
Notícias
0 shares7441 views

Palhaço estranho é visto perambulando pelas ruas de Guarabira

Jota Alves - out 14, 2018

Populares que passavam pelo local se assustaram com a figura de cabelos vermelhos, rosto maquiado e roupa frouxa

MP denuncia sete por envolvimento em esquema que desviou R$ 15 milhões na Paraíba
Policial
0 shares166 views
Policial
0 shares166 views

MP denuncia sete por envolvimento em esquema que desviou R$ 15 milhões na Paraíba

Jota Alves - out 14, 2018

Ainda na denúncia, o MP aponta como os denunciados agiam, alterando planilhas, desviando recursos e enriquecendo ilicitamente