Licitação suspeita: vídeo gravado em sala mostra confusão com representantes de empresas

Em face do tumultuo, funcionários da prefeitura chamaram a polícia e o caso foi parar na delegacia

fevereiro 13, 2019
39 Visualizações

Está circulando nas redes sociais, um vídeo gravado dentro da sala de licitação na sede da prefeitura de Guarabira, na última segunda-feira (11), que mostra uma confusão por causa de um pregão licitatório que estava sendo feito para aquisição de materiais gráficos.

Em face do tumultuo, funcionários da prefeitura chamaram a polícia e o caso foi parar na delegacia. Um empresário prestou um boletim de ocorrência relatando o que considerou favorecimento de uma única empresa, em detrimento das demais que estavam aguardando para participar.

O pregoeiro alega que na hora estabelecida em edital para iniciar o pregão, apenas representante de uma empresa estava presente na sala. Diversos representantes argumentam que aguardavam do lado de fora da sala o chamamento para o início e dizem que o pregoeiro se negou a receber suas propostas. Eles ameaçam levar o caso ao Ministério público para apurar supostas irregularidades.

Assista ao vídeo

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Polícia prende traficantes e apreende adolescente na cidade e Juarez Távora
Policial
0 shares25 views
Policial
0 shares25 views

Polícia prende traficantes e apreende adolescente na cidade e Juarez Távora

Jota Alves - fev 16, 2019

Os acusados e o material apreendido foram encaminhados a DP em Guarabira para os procedimentos

Prefeitura de Mari realizará triagem para cirurgias de catarata
Notícias
0 shares20 views
Notícias
0 shares20 views

Prefeitura de Mari realizará triagem para cirurgias de catarata

Jota Alves - fev 16, 2019

A triagem será oferecida aos pacientes com idade acima de 50 anos

Assassino de taxista se entrega à polícia após quase quatro horas de negociação
Policial
0 shares47 views
Policial
0 shares47 views

Assassino de taxista se entrega à polícia após quase quatro horas de negociação

Jota Alves - fev 16, 2019

Ele foi levado para a Central de Polícia Civil em João Pessoa, no bairro do Geisel, para prestar depoimento