Mais de 45% dos açudes paraibanos estão com menos de 5% da capacidade máxima

Outros 33 estão com menos de 20% do volume total, 35 têm mais de 20% e um está sangrando

dezembro 5, 2017
75 Visualizações

Dos 127 reservatórios monitorados pela Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), 58 (45,6%) estão com menos de 5% da capacidade máxima. Outros 33 estão com menos de 20% do volume total, 35 têm mais de 20% e um está sangrando, segundo levantamento divulgado nesta terça-feira (5) pela Aesa.

Chuvas – Ainda segundo a Aesa, João Pessoa e Alhandra são as cidades onde mais choveu este ano na Paraíba. De acordo com a Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba, os pluviômetros do Governo do Estado registraram, respectivamente, 2.050 e 1.977 milímetros nestes municípios. Bayeux (1.888mm), Conde (1.870mm) e Cabedelo (1.869mm) completam o ranking dos cinco primeiros.

De acordo com a meteorologista da Aesa, Carmem Becker, algumas cidades localizadas na região do Litoral tiveram chuvas acima da média histórica. “No caso de João Pessoa e Alhandra, a alta foi de cerca 16%. Quando analisamos os dados por região percebemos que o Litoral teve alta de 8,7%”, comentou. “A região litorânea é mais favorável às chuvas devido à proximidade com o oceano e as brisas marítimas. Por outro lado, todas as outras regiões tiveram registros abaixo da média”, alertou Danilo Cabral, que também faz parte da equipe de meteorologistas da Aesa.

Na região do Brejo, a queda foi de 11,4%. No Sertão e Alto Sertão, a redução foi de 21%, enquanto Agreste e Cariri registraram baixas de 13,1% e 47,7%. “Lembrando que os dados são referentes ao período de primeiro de janeiro até a manhã desta terça-feira (5). É possível que no final de dezembro chova um pouco no Sertão, mas nada muito significativo. O período de chuvas mais significativas no Sertão começa em fevereiro e vai até maio”, explicou Carmem.

Mais informações – A relação completa com o nível de cada açude está disponível no site www.aesa.pb.gov. Na página eletrônica também é possível conferir a previsão do tempo em todo o Estado, além de solicitar licenças para uso da água, fazer o cadastramento de carros-pipa e conhecer o trabalho realizado pelos comitês de bacias hidrográficas.

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Na Baia da Traição, avanço do mar obriga moradores a deixarem as casas
Notícias
0 shares93 views
Notícias
0 shares93 views

Na Baia da Traição, avanço do mar obriga moradores a deixarem as casas

Jota Alves - dez 14, 2017

Depois de perder a casa, Everaldo se mudou para o litoral pernambucano, onde construirá um novo imóvel

“As redes sociais estão dilacerando a sociedade”, diz um ex-executivo do Facebook
Notícias
0 shares29 views
Notícias
0 shares29 views

“As redes sociais estão dilacerando a sociedade”, diz um ex-executivo do Facebook

Jota Alves - dez 14, 2017

Chamath Palihapitiya lamenta ter participado da criação de ferramentas que destroem o tecido social

Milhares de famílias de Guarabira recebem do Estado abono natalino do Bolsa Família
Notícias
0 shares248 views
Notícias
0 shares248 views

Milhares de famílias de Guarabira recebem do Estado abono natalino do Bolsa Família

Jota Alves - dez 14, 2017

O benefício no valor de R$ 32 é pago ao responsável familiar, beneficiário do Programa Bolsa Família