Maternidade do Hospital Regional de Guarabira é premiada em Simpósio

O evento foi uma realização do Governo do Estado com a Ong Círculo do Coração e reuniu cerca de 200 profissionais da Rede

outubro 19, 2017
654 Visualizações

As dez melhores experiências dos trabalhos desenvolvidos na Rede de Cardiologia Pediátrica foram premiadas, nessa terça-feira (17), no encerramento do VI Simpósio da Rede de Cardiologia Pediátrica (RCP), em João Pessoa. O evento foi uma realização do Governo do Estado com a Ong Círculo do Coração e reuniu cerca de 200 profissionais da Rede para avaliar o trabalho que completa, neste mês de outubro, seis anos de atuação na Paraíba. A secretária de Estado da Saúde, Cláudia Veras e a secretária executiva, Maura Sobreira, participaram da solenidade.

A presidente da Ong, Sandra Mattos, apresentou os resultados da parceria. Em seis anos, a Rede conseguiu integrar 21 maternidades, em todo estado; todas elas conectadas 24 horas. Foram atendidos 196 mil e 717 pacientes e realizadas 510 cirurgias. A médica enfatizou que a parceria foi feita em 2011, quando a queda da mortalidade era 13%. Por conta do trabalho da Rede, entre 2012 e 2015, foi registrada uma queda de 19,8% na mortalidade infantil. Nos seis anos, o Governo do Estado investiu R$ 32 milhões na Rede.

A secretária Cláudia Veras fez uma avaliação dos resultados apresentados. “Fico muito feliz por fazer parte desta história de parceria entre Governo do Estado e a Ong Círculo do Coração, que tem apresentado resultados positivos que nos dão energia para continuar a caminhada e a certeza de que quando há decisão política se consegue trilhar os caminhos por mais árduos que eles sejam”, disse.

A secretária falou que os esforços são no sentido para que a parceria continue e informou que no início de 2018 o Governo entrega o Hospital Metropolitano de Santa Rita, com perfil para atendimento cardiológico e neurológico. A Rede de Cardiologia Pediátrica fará a estruturação da equipe de cardiologia pediátrica da nova unidade de saúde.

Para Sandra Mattos, o legado mais importante do trabalho não está nos números e nem nos gráficos apresentados. “O que mais nos emociona é o envolvimento dos profissionais de Pernambuco e da Paraíba, resultando no mais importante de todo este processo que é a boa assistência à população trazendo como recompensa salvar vidas. A prova está registrada nos trabalhos apresentados”, falou.

No total, foram apresentados 39 trabalhos expostos em forma de banner. Desses, foram premiados os dez que mais se destacaram: Prêmio Destaque de seis Anos de Rede, para o Arlinda Marques e Cândida Vargas, na capital; Isea, em Campina Grande e a Maternidade de Patos. Como Impacto Social, quem ganhou o prêmio foi a equipe de odontologia, pelo trabalho feito na Caravana do Coração. O Prêmio Ciência foi para a pesquisa sobre placenta; o Prêmio Amigo do Coração para o banner do voluntariado e o Prêmio de Destaque para três maternidades: a de Guarabira; Cajazeiras e a de Pombal, pela inovação na forma de apresentar uma experiência exitosa.

Por meio da literatura de cordel (no banner e em cartilhas impressas e distribuídas), o poeta popular Zé de França contou uma situação enfrentada pela equipe da Maternidade do Hospital Regional, que foi um sucesso, graças ao trabalho da Rede. A equipe entrou em contato com os profissionais do Círculo do Coração e, pela internet, foi feita toda a instrução dos procedimentos que deram certo e a criança sobreviveu.

“Nós que trabalhamos com saúde, sempre criamos uma blindagem para evitar levar para casa os casos que atendemos e vemos das unidades. Mas, o dessa criança, quebrou toda a minha blindagem e o resultado foi maravilhoso, graças ao trabalho em equipe, da Rede. Estou muito feliz por fazer parte disso”, revelou a coordenadora de Enfermagem da Maternidade de Pombal, Gilda Pereira.

Da Secom

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Candidato esclarece que fez provas em horários distintos no concurso de Cuitegi
Notícias
0 shares16 views
Notícias
0 shares16 views

Candidato esclarece que fez provas em horários distintos no concurso de Cuitegi

Jota Alves - fev 18, 2019

Edital garantiu inscrições para cargos diferentes e realização de provas em horários distintos

Concurso de Cuitegi: candidatos questionam coincidência de mesmo nome em provas diferentes
Notícias
0 shares54 views
Notícias
0 shares54 views

Concurso de Cuitegi: candidatos questionam coincidência de mesmo nome em provas diferentes

Jota Alves - fev 18, 2019

O concurso foi da responsabilidade da Comissão Permanente de Concursos (Cpcon) da Universidade Estadual da Paraíba

Cagepa informa que vazamento deixa as cidades de Itatuba e Ingá sem água
Notícias
0 shares17 views
Notícias
0 shares17 views

Cagepa informa que vazamento deixa as cidades de Itatuba e Ingá sem água

Jota Alves - fev 18, 2019

A previsão é que no final da tarde o abastecimento esteja sendo retomado.