Medina dá show, chega perto da nota máxima e é campeão da etapa de J-Bay

A final masculina da etapa de Jeffreys Bay do Circuito Mundial de Surfe entrou para a história antes mesmo de começar. Com Gabriel Medina e Ítalo Ferreira decidindo o título sul-africano, era a primeira decisão 100% brasileira da história da etapa. E a coroa ficou com Gabriel Medina, seu primeiro título na África do Sul, com muito estilo. Medina anotou 19.50, de um máximo de 20 pontos, contra 16.77 e Ítalo para ficar com a taça.

Com os resultados da sexta de 11 etapas desta temporada, Filipe Toledo, que caiu na semifinal, ficou com a 2ª posição do ranking mundial, atrás apenas do americano Kolohe Andino, que também foi eliminado na semi. Ítalo Ferreira, apesar do vice, subiu da sexta à quarta posição. Medina, que era oitavo, agora é o sétimo. A próxima parada do Tour é nos tubos de Teahupoo, no Taiti, entre 21 de agosto e 1º de setembro – Medina é o atual vencedor.

Ranking mundial masculino da WSL

1- Kolohe Andino (EUA) 33.845
2- Filipe Toledo (BRA) 33.280
3- John John Florence* (HAV) 32.425
4- Ítalo Ferreira (BRA) 29.950
5- Kanoa Igarashi (JAP) 29.450
6- Jordy Smith (AFS) 29.365
7- Gabriel Medina (BRA) 26.895
8- Kelly Slater (EUA) 21.055
9- Ryan Callinan (AUS) 20.130
10- Julian Wilson (AUS) 18.140

A bateria começou forte. Logo de cara, Ítalo Ferreira chegou com o pé na porta, anotando um 9.10 na primeira onda da bateria. Medina demorou um pouco, mas respondeu a altura. Com uma sequência de manobras espetacular em uma onda muito grande, o atual campeão mundial conseguiu um 9.73 e encostou na disputa.

Na reta final, Ferreira conseguiu um 7.67 para colocar pressão no atual campeão mundial e Medina respondeu com outra onda espetacular. Com direito a um tubo sensacional para fechar a onda, Gabriel anotou um 9.77, somando 19.50 e ficando com o título.

Gabriel é o primeiro surfista goofy (que surfa com o pé direito na frente da prancha) campeão em Jeffreys Bay desde 1984, a primeira edição da etapa sul-africana na elite do surfe mundial.

Do Globoesporte.com