Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 22 milhões, na quarta

Apesar de ninguém ter faturado o prêmio principal, o concurso premiou 66 apostas que acertaram a quina e têm o direito de receber R$ 26.830,90 cada

novembro 4, 2018
152 Visualizações

O prêmio da Mega-Sena voltou a acumular após nenhum apostador cravar as seis dezenas sorteadas pela loteria neste sábado (3). Para o próximo sorteio, marcado para acontecer na quarta-feira (7), o valor do prêmio pode alcançar os R$ 22 milhões.

Os números revelados pelo concurso 2.094 da loteria, realizado no caminhão da sorte estacionado na cidade de Arapiraca, em Alagoas, foram: 04 — 16 — 19 — 31 — 33 — 44.

Apesar de ninguém ter faturado o prêmio principal, o concurso premiou 66 apostas que acertaram a quina e têm o direito de receber R$ 26.830,90 cada. Outros 4.528 apostadores cravaram quatro dos números sorteados e podem sacar R$ 558,69 cada.

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Ciro: ‘PT agride Tabata, mas seus governadores apoiaram reforma’
Política
0 shares46 views
Política
0 shares46 views

Ciro: ‘PT agride Tabata, mas seus governadores apoiaram reforma’

Jota Alves - jul 17, 2019

Ele citou como exemplo a bancada baiana, em que 25 dos 39 deputados federais votaram a favor da reforma, sendo 15 deles aliados do governador Rui Costa (PT)

Imobiliária que não entregou imóvel dentro do prazo é condenada a pagar indenização
Notícias
0 shares37 views
Notícias
0 shares37 views

Imobiliária que não entregou imóvel dentro do prazo é condenada a pagar indenização

Jota Alves - jul 17, 2019

Em sua defesa, a imobiliária alegou que o atraso na entrega do imóvel decorreu do inadimplemento de grande parte dos adquirentes dos demais lotes

Em Alagoinha, mecânico faz aposta para atravessar açude e morre afogado
Policial
0 shares381 views
Policial
0 shares381 views

Em Alagoinha, mecânico faz aposta para atravessar açude e morre afogado

Jota Alves - jul 17, 2019

Em entrevista à imprensa local, a esposa da vítima, a senhora Maria das Vitórias, disse que aconselhou o marido para que não fosse ao açude