“Menos uma pecadora nordestina no mundo. Vai tarde”, diz internauta sobre morte de cantora

O comentário teve reação imediata e centenas de pessoas postaram comentários rebatendo a postura da mulher

junho 17, 2017
3638 Visualizações

Um comentário sobre o acidente trágico que matou a ex-cantora da banda Cavaleiros do Forró, a paraibana Eliza Clivia e seu esposo, ex-baterista de Forró Pegado, na tarde desta sexta-feira (16), está causando revolta entre os internautas e fãs do trabalho da cantora.

Identificado como Estela Martins, a internauta fez comentário preconceituoso contra nordestino, disse que a cantora vivia e pecado e na luxúria e por isso teria recebido o castigo merecido. “Vai tarde”, diz a mulher em sua postagem.

“Menos uma pecadora nordestina no mundo! Vivia no pecado em festas onde a luxúria tomava conta e agora recebeu o castigo merecido. Tenho pena não! Deus não dorme e pune os que afrontam contra ele. Foi tarde!”.

O comentário teve reação imediata e centenas de pessoas postaram comentários rebatendo a postura da mulher, que seria possivelmente evangélica.

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Na Baia da Traição, avanço do mar obriga moradores a deixarem as casas
Notícias
0 shares93 views
Notícias
0 shares93 views

Na Baia da Traição, avanço do mar obriga moradores a deixarem as casas

Jota Alves - dez 14, 2017

Depois de perder a casa, Everaldo se mudou para o litoral pernambucano, onde construirá um novo imóvel

“As redes sociais estão dilacerando a sociedade”, diz um ex-executivo do Facebook
Notícias
0 shares29 views
Notícias
0 shares29 views

“As redes sociais estão dilacerando a sociedade”, diz um ex-executivo do Facebook

Jota Alves - dez 14, 2017

Chamath Palihapitiya lamenta ter participado da criação de ferramentas que destroem o tecido social

Milhares de famílias de Guarabira recebem do Estado abono natalino do Bolsa Família
Notícias
0 shares248 views
Notícias
0 shares248 views

Milhares de famílias de Guarabira recebem do Estado abono natalino do Bolsa Família

Jota Alves - dez 14, 2017

O benefício no valor de R$ 32 é pago ao responsável familiar, beneficiário do Programa Bolsa Família