Morre bebê de grávida atropelada por retroescavadeira na Paraíba

Morreu, na tarde dessa quinta-feira (10), o bebê de Rayane Andrade, de 27 anos, que foi atropelada por uma retroescavadeira, nessa terça-feira (8), em Campina Grande. Rayane estava internada em coma induzido no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande.

O acidente aconteceu quando a mulher foi atravessar a rua para ir trabalhar e o veículo a atingiu. Após o impacto, ela teve ferimentos na perna e traumatismo craniano. A mulher continua internada em coma, sob efeito de sedação pelas próximas 72 horas.

“Inicialmente o feto ainda estava vivo, mas com esse trauma intenso que ela sofreu. Fizemos uma ultrassonografia abdominal que revelou ausência de sinais de vida do feto. [Agora] ela esta sendo acompanhada pelo obstetra para ver o dia de retirada do feto”, afirmou o diretor do Trauma de Campina Grande, Geraldo Medeiros, em entrevista a TV Correio.

Fonte: Portal Correio