Morte de José Otávio: prefeito decreta ponto facultativo e UEPB suspende aulas

A direção do campus III da Universidade Estadual da Paraíba, onde José Otávio era professor, suspendeu as atividades

abril 3, 2017
785 Visualizações

A morte do professor José Otávio da Silva, de 49 anos, deixou a cidade de Mari enlutada. Ele faleceu na tarde deste domingo (2), vítima de infarto fulminante. Otávio ainda foi socorrido à policlínica de Mari, mas já deu entrada sem vida.

O corpo está sendo velado no Salão Chico Mendes, por trás da igreja do Sogrado Coração de Jesus, no Centro. O sepultamento ocorrerá às 16h no Cemitério São Sebastião.

Por causa da morte do professor, o prefeito Antônio Gomes deu luto oficial por três dias e decretou ponto facultativo nesta segunda-feira (3) para que os marienses possam prestar suas últimas homenagens ao ex-secretário de Educação da cidade.

A direção do campus III da Universidade Estadual da Paraíba, onde José Otávio era professor, suspendeu as atividades dos departamentos de Pedagogia e Geografia e não haverá aulas nesta segunda em respeito à morte do professor.

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Polícia prende dupla que furtava argolas de túmulos em cemitério de Belém
Policial
0 shares30 views
Policial
0 shares30 views

Polícia prende dupla que furtava argolas de túmulos em cemitério de Belém

Jota Alves - abr 22, 2019

As pessoas que receptaram os objetos do furto também serão chamadas à delegacia para prestar esclarecimentos

Câmara de Guarabira vai discutir situação de animais soltos nas ruas
Notícias
0 shares14 views
Notícias
0 shares14 views

Câmara de Guarabira vai discutir situação de animais soltos nas ruas

Jota Alves - abr 22, 2019

Júnior lembra que em Guarabira existe a ONG Opan, que cuida dos animais, que a partir de sua iniciativa foi tornada de utilidade pública

Governo aceita alterar quatro pontos da reforma da Previdência
Política
0 shares26 views
Política
0 shares26 views

Governo aceita alterar quatro pontos da reforma da Previdência

Jota Alves - abr 22, 2019

Na avaliação de assessores do ministro Paulo Guedes (Economia), os trechos oferecidos para a tesoura do Centrão não afetam a potência fiscal da reforma