MP e Polícia Civil deflagram operação “Cavalo de Tróia” e prendem dois vereadores

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) e a Polícia Civil do Estado desencadearam, nesta segunda-feira (6), uma das fases da Operação “Cavalo de Tróia”, no município do Conde, na Grande João Pessoa, para cumprir mandados de prisão preventiva deferidos pela Justiça contra dois vereadores do município do Conde.

A operação “Cavalo de Tróia” investiga membros de casas legislativas de inúmeros municípios paraibanos, que usam interpostas pessoas para desviar recursos públicos, incorrendo em crimes de corrupção, peculato e lavagem de dinheiro.

Participam da operação o Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco/MPPB), a Promotoria de Justiça do Conde e a Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado (Deccor).

 

Prisão

Foram cumpridos os mandados de prisão preventiva contra o vereador Ednaldo Barbosa da Silva, conhecido como “Naldo do Cell” e contra o vereador Malbatahan Pinto Filgueiras Neto. Eles são suspeitos de participar de um esquema de corrupção envolvendo a devolução de salários pagos a assessores de parlamentares contratados sem concurso público e vão responder por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

As investigações começaram há pouco mais de um mês e apontaram um esquema de corrupção instalado na Câmara Municipal do Conde. No decorrer do trabalho investigativo, foi constatado que outros parlamentares adotavam a mesma prática que é tipificada como crime.

Com Ascom Secretaria de Segurança e Defesa Social