Neymar promete reação após frustração na estreia

brasil (1)

Principal nome vaiado durante o empate em 0 a 0 com a África do Sul, nesta quinta-feira, no estádio Mané Garrincha, em Brasília, Neymar assegurou que a seleção olímpica se “fechará” para reverter a largada ruim.

O craque do Barcelona foi criticado ao longo dos noventa minutos por segurar demais a bola. Ele enfrentou dificuldades para superar a marcação sul-africana.

“Não jogamos como queríamos, mas vamos nos fechar e buscar o resultado no próximo jogo”, disse o jogador de 24 anos, ao cruzar a zona mista de entrevistas, na saída para o ônibus da delegação.

“O primeiro jogo é sempre o mais difícil pela ansiedade de que comece logo a competição. Para nós, o empate é uma derrota. Nós entramos para vencer, sabemos da nossa responsabilidade. Vamos manter a calma e ajeitar as coisas o mais rapidamente possível para fazer um bom jogo domingo”, prosseguiu.

A exemplo do que aconteceu no amistoso contra o Japão, realizado no fim de semana passado, em Goiânia, ele chamou a atenção por não pôr em prática o jogo coletivo defendido pelo técnico Rogério Micale e abusar do individualismo para tentar resolver a partida.

Não funcionou

A chance da partida foi parar nos pés do companheiro Gabriel Jesus, no entanto. Sozinho, ele desperdiçou oportunidade incrível e ficou na trave. Neymar mostrou solidariedade ao palmeirense.

“Faz parte. Tem que dormir bem. Precisamos dele no próximo jogo”, resumiu.

A seleção olímpica volta a campo no próximo domingo, contra o Iraque, mais uma vez no Mané Garrincha, em Brasília.