No Facebook, Dilma diz que “guerra contra corrupção deve ser permanente”

abril 13, 2015
789 Visualizações

dilma3

No mesmo dia em que milhares de pessoas se manifestaram pelo país contra o governo e contra a corrupção, foi postada uma mensagem, na página da presidente Dilma Rousseff na rede social Facebook, que diz o combate à corrupção é uma meta constante do governo federal.

A página da presidente da República no Facebook é administrada pelo Partido dos Trabalhadores. Segundo o Palácio do Planalto, essas declarações não foram dadas neste domingo (12) pela presidente da República. Trata-se de uma compilação de frases recentes de Dilma Rousseff sobre o assunto.

“A guerra contra a corrupção deve ser, simultaneamente, uma tarefa de todas as instituições, uma ação permanente do governo e também um momento de reflexão da sociedade de afirmação de valores éticos”, afirma a presidente na mensagem divulgada neste domingo.
No mês passado, após as manifestações registradas em 15 de março em todo o país, o governo enviou ao Congresso Nacional um “pacote anticorrupção”, conjunto de propostas elaboradas pelo Executivo para inibir e punir irregularidades na administração pública.

Manifestações
Manifestantes fizeram protestos contra o governo de Dilma Rousseff e contra a corrupção em mais de 200 cidades em 24 estados e no Distrito Federal neste domingo.
Os números de manifestantes – 700 mil, segundo a polícia, ou 1,5 milhão, segundo os organizadores – foram menores do que nos atos de 15 de março.

Há pouco mais de um mês, 2,4 milhões de pessoas, segundo a polícia, ou 3 milhões, segundo os organizadores, protestaram em 252 cidades de todos os estados do país e no DF.
Em São Paulo, o cofundador do Movimento Brasil Livre, Kim Kataguiri, comentou a baixa nas estimativas de público: “Ainda que tenha tido menos pessoas, para a gente, é mais importante fazer protestos localizados do que reunir todo mundo em um só lugar”.

As palavras de ordem foram as mesmas do último grande protesto: contra a corrupção, o governo e o PT. Mas desta vez todos os principais movimentos, entre eles o Vem Pra Rua, pediram a saída da presidente Dilma Rousseff. Em 15 de março, nem todos falavam em impeachment.

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Reforma da Previdência será debatida em audiência pública na Câmara de Guarabira, nesta sexta
Política
0 shares6 views
Política
0 shares6 views

Reforma da Previdência será debatida em audiência pública na Câmara de Guarabira, nesta sexta

Jota Alves - mar 21, 2019

Deputado Gervásio Maia, professor Agassiz Almeida, secretário do ODE Célio Alves, capitão Allan Jones e presidente da FETAG-PB Liberalino Lucena serão os debatedores

Vereador Renato Meireles propõe desobstruir vias do centro de Guarabira
Política
0 shares18 views
Política
0 shares18 views

Vereador Renato Meireles propõe desobstruir vias do centro de Guarabira

Jota Alves - mar 21, 2019

Meireles disse que tem recebido muitas reclamações sobre o caos do trânsito de Guarabira

Guarabira: Renato Toscano eleito para vice-presidente da Câmara em eleição barulhenta
Política
0 shares17 views
Política
0 shares17 views

Guarabira: Renato Toscano eleito para vice-presidente da Câmara em eleição barulhenta

Jota Alves - mar 21, 2019

Antes de iniciado o processo de coleta dos votos, o tema foi objeto de discussões acaloradas

Leave a Comment

Your email address will not be published.