“O presidente Lula, com determinação e firmeza, iniciou a obra”, reconhece Cássio sobre transposição

Cássio elogiou o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, e o presidente Michel Temer e alfinetou manifestantes que protestaram

março 10, 2017
646 Visualizações

O senador Cássio Cunha Lima, durante solenidade de chegada das águas do Rio São Francisco à Paraíba, no município de Monteiro, saldou uma série de políticos e personalidades que considerou fundamental para a concretização da maior obra hídrica do Brasil – de Dom Pedro à Lula, mas citando Dilma Rousseff (PT) como a presidente que atrasou o andamento das obras.

“Ao império porque foi Pedro o primeiro a falar sobre a Transposição do Nordeste […] e o tempo passou e nós chegamos ao governo de Itamar Franco, que voltou a debater a transposição. Entramos no governo de Fernando Henrique Cardoso que deu os primeiros passos para os estudos iniciais dessa obra com a participação de dois paraibanos aqui presentes: o ministro e senador Cícero Lucena e o ministro Fernando Catão. Veio o presidente Lula que, com determinação e firmeza, iniciou a obra com a participação muito importante do vice-presidente José Alencar, que foi o grande artífice da obra de engenharia política que se fez necessária para o início da obra. Registrar o trabalho do ministro Ciro Gomes. Na sequência tivemos a presidente Dilma que, infelizmente, atrasou bastante por forças alheias à sua vontade, provavelmente”, comentou.

Cássio elogiou o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, e o presidente Michel Temer e alfinetou manifestantes que protestaram contra o presidente Temer minutos antes do início da solenidade, dizendo que os mesmos defendiam o “governo mais corrupto” do Brasil.

“É hora de reconhecer que fez a conclusão da obra do São Francisco. Muitos contribuíram para ela, mas é o governo do presidente Michel Temer, com sua decisão política, ao lado do ministro Helder Barbalho com o apoio da nossa bancada na Câmara e no Senado que nos permitiu viver esse momento. Ouvimos barulho lá fora, os mesmos que não conseguem compreender a importância desse momento. Os mesmos que talvez cumprindo o papel de inocentes úteis, se colocam contra a obra, contra a conquista do povo do Nordeste. Natural, democrático, saudável, mas é uma pena ver jovens levantando bandeiras no sol para defender o que no passado representou o governo mais corrupto da história desse Brasil”, concluiu.

Fonte: wscom

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Hospital Regional de Guarabira comemora o milésimo parto em 100 dias
Notícias
0 shares15 views
Notícias
0 shares15 views

Hospital Regional de Guarabira comemora o milésimo parto em 100 dias

Jota Alves - abr 19, 2019

A maternidade do HRG é uma referência na região, atendendo 25 cidades do Brejo e agreste paraibano

Mari: prefeito Antônio Gomes distribui 10 toneladas de peixes na Semana Santa
Notícias
0 shares23 views
Notícias
0 shares23 views

Mari: prefeito Antônio Gomes distribui 10 toneladas de peixes na Semana Santa

Jota Alves - abr 19, 2019

O prefeito falou da alegria de estar junto da comunidade, em mais um ano da Semana Santa, e poder oferecer condições para que a população possa participar dos festejos religiosos

Ministro do STF, Alexandre de Moraes recua e revoga censura a sites
Notícias
0 shares16 views
Notícias
0 shares16 views

Ministro do STF, Alexandre de Moraes recua e revoga censura a sites

Jota Alves - abr 19, 2019

Em mensagem divulgada nesta quinta-feira, o ministro Celso de Mello chamou a censura de intolerável e disse que é uma perversão da ética do direito