OAB, APAM e Conselho Federal discutem valorização da advocacia e legalidade de contratações por inexigibilidade

Segundo Claudio Lamacchia, as ações deflagradas por membros do Ministério Público Estadual criam embaraços ao exercício profissional

maio 16, 2018
168 Visualizações

Valorização da advocacia. Esse foi a principal pauta tratada durante reunião com representantes da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB) da Associação Paraibana da Advocacia Municipalista (APAM), com o presidente do Conselho Federal da OAB, Claudio Lamacchia. A audiência abordou a contratação de advogados por inexigibilidade de licitação, projetos de leis pra valorização da advocacia, acompanhamento conjunto de ações em tramitação.

O encontro contou com a presença do presidente da OAB-PB, Paulo Maia; do presidente da Apam, Marco Villar; e do conselheiro federal da OAB e secretário-geral da Apam, Edward Johnson, além Diretor-Adjunto e Corregedor do CFOAB, Ibaneis Rocha, e de Antônio Oneildo, Diretor-Tesoureiro do CFOAB.

O presidente da Apam, Marco Villar, falou das dificuldades vivenciadas pelos advogados municipalistas e pediu apoio de Lamacchia nesta causa. Destacou que na Paraíba há uma tentativa de impedir o trabalho desses profissionais que atuam junto a prefeituras e câmaras municipais. “Como advogados municipalistas, desenvolvemos um trabalho de grande importância, mas estamos enfrentando dificuldades em relação a nossa contratação, pois o Ministério Público pede que os contratos sejam rescindidos sumariamente, sem que seja sequer verificada previamente qualquer irregularidade na prestação dos serviços” explicou.

Segundo Claudio Lamacchia, as ações deflagradas por membros do Ministério Público Estadual criam embaraços ao exercício profissional, mediante ajuizamento de ações civis públicas, incluindo suspensão genérica de contratos administrativos e outras medidas igualmente lesivas à atuação da advocacia. “A advocacia não pode ser intimidada em seu exercício profissional. Os advogados e as advogadas contam com a OAB para impedir isso”, afirmou.

Já o presidente da OAB-PB, Paulo Maia, destacou a importância desses profissionais para a garantia da justiça e defendeu que é preciso garantir a legalidade destas contratações em conformidade com o já referendado pelo Conselho Federal da OAB e o próprio Conselho Estadual, que proíbem a mercantilização do serviço e reafirmam a possibilidade de contratação por inexigibilidade de licitação, destacou que “A OAB-PB, neste momento especial, não mede esforços para defender a prerrogativa do livre exercício profissional da advocacia municipalista, em conformidade com a legislação, quando se observa uma tentativa de criminalizar estes profissionais.”

Contratação por inexigibilidade – A Recomendação 36 do CNMP diz que “A contratação direta de advogado ou escritório de advocacia por ente público, por inexigibilidade de licitação, por si só, não constitui ato ilícito ou improbo, pelo que recomenda aos membros do Ministério Público que, caso entenda irregular a contratação, descreva na eventual ação a ser proposta o descumprimento dos requisitos da Lei de Licitação”. A OAB tem entendimento firmado sobre o assunto, inclusive na Súmula n. 5/2012, que trata da contratação de serviços advocatícios na modalidade de inexigibilidade de licitação, assim como na citada ADC 45. Dispositivos do Código de Ética e Disciplina também embasam o entendimento.

Da Assessoria

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Grupo suspeito de roubar pousada e motel é preso pela PM
Policial
0 shares24 views
Policial
0 shares24 views

Grupo suspeito de roubar pousada e motel é preso pela PM

Jota Alves - out 22, 2018

Da pousada, os suspeitos roubaram um celular, R$ 200 em espécie e algumas latas de cerveja

Guarabira: bandido armado assalta loja de cosméticos e leva R$ 11 mil
Policial
0 shares171 views
Policial
0 shares171 views

Guarabira: bandido armado assalta loja de cosméticos e leva R$ 11 mil

Jota Alves - out 22, 2018

Ele rendeu funcionários da empresa e clientes que estavam no momento do crime se deitaram ao chão

Bananeiras: diácono é encontrado morto dentro de casa
Notícias
0 shares923 views
Notícias
0 shares923 views

Bananeiras: diácono é encontrado morto dentro de casa

Jota Alves - out 20, 2018

A porta da casa estava fechada e precisou ser arrombada após a irmã do diácono perceber a falta dele