Operação Ultimato cumpre mandados de prisão e tira criminosos de circulação em Guarabira e Pilõezinhos

Operação Policial Integrada, denominada “Operação Ultimato”, desencadeada ao amanhecer desta sexta-feira (24/05), voltada ao cumprimento de 3 mandados prisão e 8 mandados de busca e apreensão domiciliar, em imóveis de suspeitos de envolvimento em homicídios decorrentes de tráfico de drogas, localizados nos municípios de Guarabira e Pilõezinhos.

Nesta operação estão sendo empregados aproximadamente 80 policiais da Polícia Civil, Polícia Militar e Bombeiros Militar.

Até o momento, 3 presos, sendo que 2 receberam voz de prisão em suas residências. Foram eles, Alexandre Sobral do Nascimento e Márcio da Silva Mendonça. Um marginal (que não teve a identidade revelada) recebeu voz de prisão no presídio Vicente Claudino de Pontes, em Guarabira.

De acordo com o delegado regional da Polícia Civil, Hugo Lucena, a ação de repressão ao crime foi exitosa e tirou de circulação elementos considerados de alta periculosidade.

O comandante do 4º BPM, coronel Gilberto Felipe, disse que as polícias continuam atentas e trabalhando para garantir a sensação de segurança desejada pela sociedade da região.

Alexandre Sobral do Nascimento
Márcio da Silva Mendonça