Paraíba é o quarto estado do Brasil que mais investe em segurança

Os dados constam no Anuário Brasileiro da Segurança Pública 2018, divulgado nesta quinta-feira (9)

agosto 11, 2018
49 Visualizações

A taxa de mortes violentas intencionais na Paraíba apresentou uma redução de 3,5% em 2017 em relação ao ano de 2016, passando de 33,1 mortes por grupo de 100 mil habitantes para 31,9. Foi a quarta maior redução verificada no Nordeste. Em números absolutos, foram registradas 1.324 vítimas em 2016 e 1.286 em 2017. Os dados constam no Anuário Brasileiro da Segurança Pública 2018, divulgado nesta quinta-feira (9).

Este é o sexto ano consecutivo de redução da Taxa de Homicídios dolosos na Paraíba, totalizando uma queda acumulada de 28% de 2012 a 2017. Segundo o mesmo estudo publicado em 2012, a Paraíba tinha em 2011 a terceira maior taxa de homicídios por grupo de 100 mil habitantes do Brasil. O valor era de 44 mortes naquele ano, perdendo apenas para os Estados de Alagoas e Espírito Santo.

Conforme o Anuário, João Pessoa se destaca entre capitais com uma Taxa de Homicídios em 2017 de 35,2, o que representa uma redução de 19% em relação a 2016, a segunda maior queda do índice na Região Nordeste. A Capital paraibana também registra um processo continuado de redução, pois em 2010 tinha uma taxa de 80,2, conforme o Mapa da Violência.

Além disso, a Paraíba tem a segunda menor taxa de Roubos e Furtos de Veículos do Nordeste e a 8ª menor do Brasil.

Crime contra mulher – O estudo mostra ainda que a Paraíba tem a menor Taxa de Homicídio contra mulheres do Nordeste, e a 9ª menor do país, com o índice de 3,7 por grupo de 100 mil. Este número foi decorrente de uma redução de 22% em 2017 em relação ao ano anterior.

Latrocínios – No tocante aos latrocínios, roubos que resultam em morte, a Paraíba foi apontada no Anuário Brasileiro da Segurança Pública 2018 com uma taxa de 0,94 por 100 mil em 2017, o que significa a menor taxa do Nordeste e a sétima menor de todo o país.

Letalidade policial – O número de mortes decorrentes de confronto de policiais, em serviço ou não, com criminosos armados, foi proporcionalmente o quarto menor do país, e o menor de todo o Norte/Nordeste, com 30 casos ocorridos em 2017 em números absolutos.

Investimentos – Em relação aos gastos com Segurança Pública por parte do Governo do Estado, o estudo revela que a Paraíba teve uma despesa geral de mais de R$ 1,1 bilhão no ano de 2017 (R$ 1.166.974.974,54), o que representa uma participação de 12,1% entre os gastos totais, o que coloca o Estado entre as quatro unidades da federação que mais investem em Segurança, proporcionalmente, ao lado do Rio de Janeiro (14,1%), Alagoas (12,7%) e Goiás (12,1%).

Comente esta matéria

Você também pode gostar

‘Prefiro morrer de fome na Venezuela do que agredido aqui’, diz imigrante atacado
Notícias
0 shares9 views
Notícias
0 shares9 views

‘Prefiro morrer de fome na Venezuela do que agredido aqui’, diz imigrante atacado

Jota Alves - ago 18, 2018

Segundo a Polícia Militar da região, ninguém foi preso durante o conflito e ninguém ficou ferido

Mais de 70 policiais militares são promovidos pelo Governo da Paraíba
Notícias
0 shares10 views
Notícias
0 shares10 views

Mais de 70 policiais militares são promovidos pelo Governo da Paraíba

Jota Alves - ago 18, 2018

Promoções foram publicadas no Diário Oficial do Estado deste sábado (18)

“Nós temos coragem, nós temos firmeza, nós temos esperança”, diz Célio Alves em reunião com militância
Política
0 shares36 views
Política
0 shares36 views

“Nós temos coragem, nós temos firmeza, nós temos esperança”, diz Célio Alves em reunião com militância

Jota Alves - ago 18, 2018

O encontrou ocorreu na casa de eventos ASSESP, no bairro Clóvis Bezerra, em Guarabira, e lotou o espaço