Policiais são presos suspeitos de participar de roubos e sequestros de empresários na Paraíba

As prisões ocorreram em um sítio na zona rural de Fagundes, no Agreste paraibano

abril 18, 2019
90 Visualizações

Dois policiais militares do estado da Bahia e um outro homem foram presos nesta quarta-feira (17), suspeitos de envolvimento em sequestros de empresários na Paraíba, roubos e adulteração de veículos. Segundo a Polícia Civil eles foram presos no município de Fagundes, no Agreste paraibano, quando se preparavam para realizar um roubo na Paraíba. Um contêiner que era usado como cativeiro também foi localizado.

As prisões ocorreram em um sítio na zona rural de Fagundes, no Agreste paraibano. No momento da chegada da Polícia Civil, os homens foram flagrados adulterando um veículo, além de estarem de posse de uma espingarda calibre 12, um revólver calibre 357, uma pistola calibre .40 e outra pistola calibre .45, 10 carregadores de pistola, centenas de munições, além de diversas placas de veículos e distintivos falsos.

Segundo o delegado de Roubos e Furtos da Polícia Civil em Campina Grande, Victor Melo, durante a ação policial os três presos se identificaram como policiais militares do Estado da Bahia. Foi confirmado que dois deles realmente são policiais e o terceiro apresentou um documento que os investigadores suspeitam que é falso.

O grupo está sendo investigado há mais de um ano, após a ocorrência de uma série de sequestros contra empresários, em Campina Grande. Três empresários da cidade já foram até a Central de Polícia Civil, em Campina Grande e reconheceram os suspeitos como sequestradores e também as armas usadas nos crimes. Os sequestros foram em janeiro e setembro de 2018 e em março desse ano.

Ainda nas buscas, a Polícia Civil encontrou um contêiner que a investigação acredita que era usado como cativeiro para manter as vítimas sequestradas. No contêiner as vítimas ficavam trancadas e dentro havia uma churrasqueira, peças de carros e apenas duas janelas pequenas por onde entrava um pouco de luz e ar.

Durante as investigações, foi descoberto que os suspeitos seriam especialistas em sequestros, ataques a instituições financeiras e também o comércio de armas de fogo de grosso calibre.

Segundo a Polícia Civil, nesta terça-feira (17) a equipe de investigação da DRF conseguiu a informação de que a quadrilha estaria novamente em Campina Grande e articulando um grande roubo. Por isso foi iniciada uma série de diligências até que nesta quarta-feira os suspeitos foram encontrados escondidos e se preparando para o crime.

Os presos foram autuados em flagrante pelos crimes de Adulteração de sinal de veículo automotor, Receptação, Porte Ilegal de Arma de Fogo de Calibre Restrito, Falsidade Documental, Apresentar-se Falsamente como Funcionário Público (Contravenção Penal) e Associação criminosa, assim como serão indiciados nos três crimes de sequestro onde foram reconhecidos.

Fonte: G1PB

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Mega-Sena: aposta única de São Paulo acerta as seis dezenas e fatura R$ 21,9 milhões
Notícias
0 shares10 views
Notícias
0 shares10 views

Mega-Sena: aposta única de São Paulo acerta as seis dezenas e fatura R$ 21,9 milhões

Jota Alves - jul 21, 2019

A quina teve 118 acertadores; cada um receberá R$ 23.023,47. Já a quadra teve 7.127 apostas ganhadoras; cada um levará R$ 544,56.

Motorista arranca bomba em posto de combustível em Guarabira
Notícias
0 shares107 views
Notícias
0 shares107 views

Motorista arranca bomba em posto de combustível em Guarabira

Jota Alves - jul 21, 2019

O frentista tentou tirar o bico da bomba de abastecimento mas o motorista saiu numa arrancada, tornando impossível evitar o acidente.

Inmet emite alerta para 59 cidades na Paraíba por causa de chuvas
Notícias
0 shares250 views
Notícias
0 shares250 views

Inmet emite alerta para 59 cidades na Paraíba por causa de chuvas

Jota Alves - jul 20, 2019

Na cidade de Guarabira o dia amanheceu chuvoso. A chuva fina e persistente permanece caindo sobre a cidade.