Prefeito eleito de Araçagi, Murílio Nunes anuncia que vai abrir mão do salário e cortar própria carne

outubro 18, 2016
1390 Visualizações
13 Comments
Murílio Nunes com o vice-prefeito Melqui Gomes, em evento de campanha

Murílio Nunes com o vice-prefeito Melqui Gomes, em evento na campanha

Prefeito eleito da cidade de Araçagi, Murílio Nunes (PSB) foi entrevistado na manhã desta terça-feira (18), no radiofônico Correio da Manhã, da Guarabira FM. O socialista fez revelações importantes e anunciou medidas a serem adotadas logo que assumir o comando administrativo, a partir de janeiro de 2017.

De acordo com Murílio, a comissão de transição indicada para fazer os levantamentos necessários e preparar o terreno para a próxima gestão, já levantou a informação de que a folha de pagamento dos funcionários beira R$ 1,2 milhão e que o prefeito atual, Didi Braz, está pagando os salários com atraso, o que preocupa o prefeito eleito.

“Araçagi tem uma folha de pagamento muito elevada, entre efetivos e pessoal comissionado. Atualmente o prefeito está pagando um mês dentro do outro e temos informação que o pessoal do magistério ainda não recebeu.  Nosso compromisso é trazer o pagamento para dentro do mês trabalhado e para isso, se for preciso, vamos cortar na própria carne”, disse Murílio.

Segundo o prefeito eleito, para atingir a eficiência do serviço público e atender ás expectativas do eleitorado que lhe deu uma esmagadora vitória, o que for preciso será feito, inclusive, cortar secretarias, extinguir cargos. Murílio também disse que vai instituir o calendário de pagamento.

“A população de Araçagi confiou no nosso grupo e teremos a coragem de tomar decisões. Vamos procurar instituir um calendário de pagamento para que o funcionalismo possa ter um planejamento, possa se programar, saber o dia que vai receber o seu salário”, assegurou.

Policial Rodoviário Federal de carreira, Murílio tem a opção de optar pelo salário de prefeito ou o de policial. Na entrevista, o futuro prefeito revelou que irá optar pelo salário da PRF e que o salário de prefeito (R$ 16 mil), será revertido para investimentos em obras na cidade.

O prefeito eleito ainda disse que já pediu a uma equipe técnica para fazer um mutirão de recuperação de alunos que deixaram as escolas municipais de Araçagi e foram estudar em municípios vizinhos, por falta de condições das escolas na atual gestão.

“Vamos procurar recuperar esses alunos que deixaram nossas escolas. Já solicitei que seja feito um mutirão nesse sentido. Muitos foram os que deixaram as escolas de Araçagi e foram para outros municípios. Vamos garantir merenda de qualidade, valorizar os professores e penso que isso, aliado a outras ações que faremos, vá atrair os estudantes”, argumentou Nunes.

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Ciro: ‘PT agride Tabata, mas seus governadores apoiaram reforma’
Política
0 shares46 views
Política
0 shares46 views

Ciro: ‘PT agride Tabata, mas seus governadores apoiaram reforma’

Jota Alves - jul 17, 2019

Ele citou como exemplo a bancada baiana, em que 25 dos 39 deputados federais votaram a favor da reforma, sendo 15 deles aliados do governador Rui Costa (PT)

Imobiliária que não entregou imóvel dentro do prazo é condenada a pagar indenização
Notícias
0 shares37 views
Notícias
0 shares37 views

Imobiliária que não entregou imóvel dentro do prazo é condenada a pagar indenização

Jota Alves - jul 17, 2019

Em sua defesa, a imobiliária alegou que o atraso na entrega do imóvel decorreu do inadimplemento de grande parte dos adquirentes dos demais lotes

Em Alagoinha, mecânico faz aposta para atravessar açude e morre afogado
Policial
0 shares381 views
Policial
0 shares381 views

Em Alagoinha, mecânico faz aposta para atravessar açude e morre afogado

Jota Alves - jul 17, 2019

Em entrevista à imprensa local, a esposa da vítima, a senhora Maria das Vitórias, disse que aconselhou o marido para que não fosse ao açude

13 Responses

Leave a Comment