Presa por negligência, mãe nega acusações de ter deixado filho se afogar

A criança foi socorrida pelo irmão de 9 anos que pediu socorro a um policial

abril 9, 2019
60 Visualizações

A mãe presa por negligência negou nesta segunda-feira (8), as acusações de que teria deixado o filho de 3 anos se afogar na piscina do clube em Mari, na Paraíba. Maria Andreza Pereira Barbosa, de 21 anos, foi presa por homicídio culposo e por negligência.

De acordo com o delegado Francisco de Assis Araújo, responsável pelo caso, a mãe presenciou o afogamento do filho e não fez nada para socorrer a criança.

Andreza informou que a criança estava brincando e quando ela se distrai o menino caiu dentro da piscina, e que no momento ela começou a chamar pela sua mãe.

A criança foi socorrida pelo irmão de 9 anos que pediu socorro a um policial.

O menino chegou a ser socorrido para um hospital local, mas não resistiu e morreu na unidade de saúde.

A Polícia investiga se a mãe teria empurrado a criança na piscina.

Fonte: ClickPB

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Projeto de Camila cria Política de Diagnóstico e Tratamento da Depressão
Política
0 shares13 views
Política
0 shares13 views

Projeto de Camila cria Política de Diagnóstico e Tratamento da Depressão

Jota Alves - abr 21, 2019

O projeto prevê ainda a realização de pesquisas visando ao diagnóstico precoce da depressão e seus distúrbios

Annita grava música com Madonna em álbum que será lançado em julho
Notícias
0 shares21 views
Notícias
0 shares21 views

Annita grava música com Madonna em álbum que será lançado em julho

Jota Alves - abr 21, 2019

A brasileira também contou que chorou muito ao ouvir pela primeira vez como ficou a parceria entre as duas em “Faz Gostoso”

Começa nesta segunda campanha de vacinação contra a Gripe
Notícias
0 shares19 views
Notícias
0 shares19 views

Começa nesta segunda campanha de vacinação contra a Gripe

Jota Alves - abr 21, 2019

A influenza é uma doença sazonal, mais comum no inverno, que causa epidemias anuais, sendo que há anos com maior ou menor intensidade de circulação desse tipo de vírus