Presidente da Câmara de Guarabira anuncia implantação de processo 100% digital no legislativo

A Câmara de Vereadores de Guarabira acompanha a tendência mundial e prevê, já para esse semestre, a substituição do uso do papel nas atividades legislativas. Os processos passarão a ser realizados por meios digitais. A inovação foi confirmada pelo presidente da Câmara, vereador Marcelo Bandeira (PSB), em entrevista concedida à imprensa local, nesta quinta-feira (17).

Todos os documentos produzidos e tramitados pela Câmara Municipal são disponibilizados na Internet, em tempo real, para consulta pública dos cidadãos, com os documentos eletrônicos oficiais e originais.

De acordo com o vereador, o objetivo é tornar a Câmara totalmente digital, eliminando praticamente o uso do papel, ficando apenas mantidos aqueles documentos que necessitem fundamentalmente das assinaturas não digitais.

“Nós estamos com algumas ideias, a questão da sustentabilidade, inclusive já tivemos reunião nesse sentido, de tornar a Câmara 100% digital. Eliminar tudo que tiver de papel, lógico que em alguns documentos são essenciais as assinaturas, não só a assinatura digital que cada um terá”, contou o presidente.

Segundo Marcelo, a empresa que será contratada para implantar o serviço é da Capital paraibana, está também em tratativas no mesmo sentido com a UFPB e que na região Sul do país esses processos já são uma realidade.

“É uma empresa de João Pessoa que tem uma filial em Santa Catarina-SC, inclusive a Universidade Federal da Paraíba também está em entendimentos com ela e no Sul do Brasil já é realidade e a gente vai implantar em Guarabira. É um projeto complexo, teremos que ter treinamento para os funcionários e para os vereadores e é um projeto que vamos levar adiante, agora nesse semestre”, disse Bandeira.

A “administração sem papel”, como vem sendo chamado esse processo, pretende aumentar a segurança, a transparência e promover maior economia para as instituições.