Quadrilha de roubo de cargas gerou prejuízos de mais de R$ 4,5 mi

Segundo o delegado Lucas Sá, o principal alvo da quadrilha era cargas com equipamentos eletrônicos

novembro 20, 2018
105 Visualizações

Mais de R$ 4,5 milhões. Este foi o prejuízo praticado por uma quadrilha envolvida em roubos de cargas. A organização criminosa foi desarticulada na Operação Carga Segura, realizada nesta segunda-feira (19) pela Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas. Ao todo, dez pessoas foram presas. As informações foram repassadas durante uma coletiva de imprensa na Central de Polícia.

Segundo o delegado Lucas Sá, o principal alvo da quadrilha era cargas com equipamentos eletrônicos. O grupo é investigado desde maio deste ano. Em abril, eles roubaram um caminhão com uma carga de bebidas alcoólicas na região de Riachão do Bacamarte.

O grupo já foi responsável por 19 assaltos a caminhões de carga durante o período, além de roubos de carros e motos. Em setembro deste ano, eles roubaram uma carga de aproximadamente R$ 5 mil na cidade de Bayeux, Região Metropolitana de João Pessoa.

A polícia chegou aos suspeitos quando eles abordaram e roubaram um caminhão de eletrônicos nas proximidades do município de Riachão do Bacamarte. Porém, o crime foi observado por uma pessoa, que denunciou a situação para a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Em ação, a PRF comunicou o roubo a Polícia Civil, que iniciou a operação e conseguiu localizar o caminhão e, em seguida, os suspeitos.

  1. João Maria Medeiros, conhecido como “Gordinho”, apontado como chefe do grupo criminoso;
  2. Paulo Vinícius Gomes da Silva, conhecido como “Paulinho”, com mandado de prisão em aberto;
  3. Kaio César Martins da Silva;
  4. Adriano dos Santos Rocha, conhecido como “rato”, estava foragido da polícia;
  5. Ednaldo Francisco da Silva;
  6. Berg Gonçalves de Oliveira, conhecido como “boy doido”;
  7. Adeildo Manoel dos Santos, conhecido como “Thor”, também foragido da polícia;
  8. João de Lucena Max, conhecido como “Zacarias”;
  9. Evaldo Freitas de Pontes.
  10. Ribyson Costa da Silva, preso no dia 12 de novembro, mas teve a prisão mantida em sigilo em decorrência da operação que está em curso.

Fonte: Portal Correio

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Chuva em JP: cratera se abre em rua no Bairro dos Estados e engole veículo
Notícias
0 shares3 views
Notícias
0 shares3 views

Chuva em JP: cratera se abre em rua no Bairro dos Estados e engole veículo

Jota Alves - fev 13, 2019

O dono do carro é funcionário da Receita Federal e foi avisado por telefone que seu havia sido engolido

Prefeitura de Mamanguape procura médicos para atender em UBS’s
Notícias
0 shares12 views
Notícias
0 shares12 views

Prefeitura de Mamanguape procura médicos para atender em UBS’s

Jota Alves - fev 13, 2019

Os médicos que quiserem atuar nas UBS de Mamanguape, receberão pelo menos R$ 9.000,00 (nove mil reais) de salário, alimentação e transporte

Guarabira: caso da licitação suspeita repercute na Câmara e vereador exige explicações
Política
0 shares36 views
Política
0 shares36 views

Guarabira: caso da licitação suspeita repercute na Câmara e vereador exige explicações

Jota Alves - fev 12, 2019

O caso envolvendo empresas que participariam de licitação do segmento gráfico na prefeitura de Guarabira, que foi parar na delegacia,…