Residentes do Trauma conquistam média nacional da Sociedade Brasileira de Anestesiologia

fevereiro 15, 2015
157 Visualizações
11 Comments

Hospital de Trauma

Os formandos do Programa de Pós-Graduação em Anestesiologia, desenvolvido pela Secretaria de Estado da Saúde (SES-PB), no Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, obtiveram a quarta melhor média nacional, destacando-se entre os 98 Centros de Ensino e Treinamento-CETs existentes em todo o Brasil. A avaliação é realizada anualmente pela Sociedade Brasileira de Anestesiologia (SBA) com todos os residentes do país.

O presidente da Comissão de Residência Médica da Paraíba (COREME), Gualter Ramalho, destacou que este fato vem reforçar a posição de destaque já alcançada pela Paraíba no ranking da SBA em apenas quatro anos, ocupando o mais elevado posto entre as mais renomadas e centenárias instituições. “Esta conquista é o resultado de um trabalho que tem o apoio incondicional dos anestesiologistas instrutores e colaboradores, diretores da rede hospitalar estadual, com destaque para o Hospital de Trauma, além do Cefor e, em especial, da SES”, explicou.

Além do Programa de Pós-Graduação em Anestesiologia da SES, os programas de Pediatria, Medicina Intensiva, Ortopedia e Traumatologia também apresentaram resultados similares, com a aprovação nas provas de título da totalidade dos seus formandos. “Não nos custa lembrar que os nossos programas receberam uma Menção Honrosa do Ministério da Educação e Cultura (MEC), outorgada por unanimidade na sua plenária de dezembro de 2013”, acrescentou Gualter Ramalho.

Conclusão de Curso – Quatro médicos residentes do Programa de Pós-Graduação em Anestesiologia da SES apresentaram, no auditório do Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, os Trabalhos de Conclusão de Curso (TCCs). Os formandos concluíram o curso nessa que representa a terceira turma do programa.

“É gratificante chegar ao fim desses três anos de aprendizado, sabendo que estamos em condições de entrar no mundo da anestesiologia. O Hospital de Trauma tem muito a oferecer, possui uma grande demanda, tem um alto nível de complexidade e ainda conta com as mais diferentes especialidades. Agradecemos a SES, gestão do Hospital de Emergência e Trauma, a todos que fazem parte do corpo clínico e aos colaboradores em geral pelo apoio que recebemos”, agradeceu o formando Patrick Assis Rodrigues.

O diretor técnico do Hospital de Trauma, Edvan Benevides, representando a direção da instituição de saúde, cumprimentou os formandos. “Parabenizo o grupo pelo trabalho. Com certeza, tiveram uma formação privilegiada, pois este hospital é uma unidade de referência e um dos mais procurados e desejados no que se refere à Residência Médica. Certamente todos têm um caminho promissor”, destacou.

Na primeira semana de março, mais um grupo de residentes será recebido, num total de 14, enquanto acontecerá a formatura da turma de 2015, das especialidades de Anestesiologia, Medicina Intensiva e Ortopedia e Traumatologia.

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Município de Mari, através do CRAS, realiza curso de confeccionador de bijuteria
Notícias
0 shares26 views
Notícias
0 shares26 views

Município de Mari, através do CRAS, realiza curso de confeccionador de bijuteria

Jota Alves - jul 26, 2017

O curso de confeccionador de bijuteria reforça o compromisso da Gestão Municipal em contribuir para a qualificação profissional

Pagamento do mês de julho dos servidores estaduais tem datas definidas
Notícias
0 shares331 views
Notícias
0 shares331 views

Pagamento do mês de julho dos servidores estaduais tem datas definidas

Jota Alves - jul 26, 2017

“Continuamos a pagar dentro do mês trabalhado desde o início”, destacou Ricardo na publicação

Prefeita de Serra da Raiz é condenada a 4 anos de prisão por crime de responsabilidade
Política
0 shares194 views
Política
0 shares194 views

Prefeita de Serra da Raiz é condenada a 4 anos de prisão por crime de responsabilidade

Jota Alves - jul 26, 2017

No mérito, o relator disse que a ré não comprovou, documentalmente, a sua inocência quanto à legalidade de pagamentos de despesas com dinheiro público no valor de R$ 43,7 mil

11 Responses

Leave a Comment

Your email address will not be published.