Ricardo Coutinho pede afastamento de Moro e Dallagnol, depois de conversas vazadas

O ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, se manifestou nas redes sociais sobre os áudios vazados com supostas conversas entre Sérgio Moro, Deltan Dallagnol e outros envolvidos na Lava Jato.

Ricardo afirmou que as mensagens são um “atentado” contra a Justiça, usando-a para outros fins, além de pedir o afastamento do ministro Sérgio Moro e do procurador.

“O STF precisa agir para salvar o Sistema Judiciário. Afastar das suas funções e processar quem formou uma orcrim para manipular a justiça, quebrar a economia do País, prender o melhor Presidente da nossa história sem provas e eleger um perigoso despreparado para governar o Brasil”, disse o ex-governador.