Tragédia no Sertão da PB: criança de 4 anos morre afogada em cirterna

Familiares disseram que Thauan brincava com um amiguinho e decidiu abrir a cisterna por curiosidade

junho 18, 2018
258 Visualizações

Uma tragédia foi registrada nesse domingo (17), no município de Curral Velho, Sertão da Paraíba. Uma criança, identificada pelo nome de Márcio Thauan de Sousa, de apenas 4 anos de idade, morreu ao cair dentro de uma cisterna que fica por trás da casa da avó, no sítio Barreiros.

Familiares disseram que Thauan brincava com um amiguinho e decidiu abrir a cisterna por curiosidade. Nesse momento ele acabou caindo dentro, morrendo afogado.

Moradores informaram que a outra criança foi que teria pedido socorro, porém ao ser resgatado, o pequeno Thauan já estava sem vida.

Thauan era bisneto do ex-vereador Zé de Ana, falecido há exatos 30 dias. A cidade de Curral Velho está chocada com a triste notícia. A família está em desespero.

 

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Araruna: polícia desarticula quadrilha que estava montando ponto de drogas; 3 são de Guarabira
Policial
0 shares27 views
Policial
0 shares27 views

Araruna: polícia desarticula quadrilha que estava montando ponto de drogas; 3 são de Guarabira

Jota Alves - fev 15, 2019

Os suspeitos foram presos em uma casa que fica no final de uma vila, na Rua da Areia, centro de Araruna

CPCon divulga resultado preliminar do concurso público da Prefeitura de Pilõezinhos
Notícias
0 shares23 views
Notícias
0 shares23 views

CPCon divulga resultado preliminar do concurso público da Prefeitura de Pilõezinhos

Jota Alves - fev 15, 2019

No toral foram oferecidas 73 vagas para preenchimento de diversos cargos que comporão o quadro de servidores efetivos

Veneziano critica PPP aprovada pela base de Romero Rodrigues que pretende privatizar a Cagepa
Política
0 shares13 views
Política
0 shares13 views

Veneziano critica PPP aprovada pela base de Romero Rodrigues que pretende privatizar a Cagepa

Jota Alves - fev 14, 2019

Veneziano lembrou que Campina, nos anos 2000, perdeu a sua Companhia de Eletricidade, a Celb, num processo de venda em que ainda hoje a prefeitura é cobrada