Vereador que agrediu a esposa por causa de pão queimado já está em liberdade

novembro 11, 2016
2171 Visualizações
12 Comments

marcelo_vereador

Já está em liberdade o vereador eleito da cidade de Pilõezinhos, Marcelo Cavalcante de Sousa, conhecido popularmente por Marcelo de Beto (PMDB). Ele foi conduzido ao presídio na manhã desta quarta-feira (9), acusado de agredir a própria esposa depois de um desentendimento por causa pães queimados que foram colocados à venda na padaria de propriedade do casal.

A esposa de Marcelo acionou a Polícia Militar, relatou a agressão e ele foi inicialmente conduzido á delegacia, depois ao presídio, enquadrado na Lei Maria da Penha.

Nesta quarta, ele constituiu Dr. Antoniele para atuar em sua defesa, que conseguiu reverter o caso e colocar seu cliente em liberdade. O advogado argumentou em sua defesa que o delegado utilizou duplicidade de imputação, quando na verdade deveria arbitrar fiança e liberar o vereador.

Já solto, Marcelo procurou a imprensa, admitiu que brigou devido ao pão queimado, disse que cometeu excesso e pediu desculpas à esposa, aos familiares e aos seus amigos pelo episódio, prometendo não repetir a cena.

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Hospital Regional de Guarabira comemora o milésimo parto em 100 dias
Notícias
0 shares11 views
Notícias
0 shares11 views

Hospital Regional de Guarabira comemora o milésimo parto em 100 dias

Jota Alves - abr 19, 2019

A maternidade do HRG é uma referência na região, atendendo 25 cidades do Brejo e agreste paraibano

Mari: prefeito Antônio Gomes distribui 10 toneladas de peixes na Semana Santa
Notícias
0 shares23 views
Notícias
0 shares23 views

Mari: prefeito Antônio Gomes distribui 10 toneladas de peixes na Semana Santa

Jota Alves - abr 19, 2019

O prefeito falou da alegria de estar junto da comunidade, em mais um ano da Semana Santa, e poder oferecer condições para que a população possa participar dos festejos religiosos

Ministro do STF, Alexandre de Moraes recua e revoga censura a sites
Notícias
0 shares16 views
Notícias
0 shares16 views

Ministro do STF, Alexandre de Moraes recua e revoga censura a sites

Jota Alves - abr 19, 2019

Em mensagem divulgada nesta quinta-feira, o ministro Celso de Mello chamou a censura de intolerável e disse que é uma perversão da ética do direito

12 Responses

Leave a Comment

Your email address will not be published.