Detran e CPTran recuperam 111 ‘cinquentinhas’ roubadas

cinquentinhas

Nos últimos 10 meses, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran), por meio da 1ª Ciretran, em Campina Grande, recuperou e devolveu aos donos 111 ciclomotores, que são as motocicletas abaixo de 50 cilindradas conhecidas como ‘cinquentinhas’. Os veículos foram roubados ou tomados por assalto, mas recuperados durante as fiscalizações de trânsito realizadas em parceria com a 3ª Companhia de Policiamento de Trânsito (CPTran).

A identificação dos veículos roubados só foi possível em virtude de um trabalho implantado na Seção de Policiamento de Trânsito da 1ª Ciretran, onde é feita a verificação da nota fiscal dos ciclomotores e que já constatou a apresentação de muitas notas fiscais falsificadas.

Com base nesses dados, a 3ª CPTran mapeou toda a cidade e, a partir daí, aumentou as fiscalizações nos pontos mais críticos. Só no último final de semana, duas cinquentinhas foram recuperadas e devolvidas aos donos.

A identificação dos veículos roubados é possível graças ao cruzamento de informações entre a Ciretran e a Delegacia de Roubos e Furtos. O Detran alerta aos usuários que, caso tenham o veículo furtado, façam o boletim de ocorrência, preferencialmente, na delegacia especializada, o que agiliza a comunicação entre os órgãos de segurança.

Outra medida que deve ser adotada pelo usuário que tiver o veículo roubado é enviar ao Detran cópia do boletim de ocorrência e da nota fiscal do veículo, a fim de que ele entre na lista dos veículos roubados.

As ‘cinquentinhas’ irregulares, apreendidas durante as fiscalizações de trânsito são levadas para o pátio da Ciretran. Para recuperar o veículo, o proprietário precisa apresentar a nota fiscal ou o comunicado de venda.

Assessoria